Tópico: Poesia

Devaneios Opinião

Humano

E agora, humano? A si se revelou, o escuro pairou, sozinho, sumiu, no frio acanhou, E agora, humano? E agora, nós? Nós que somos sem nome, que rimos obtusos, e...

Devaneios Opinião

POESIA

E se foram apenas desabafos Dos quais alguém os lê como quem encontra o diário de um desconhecido. E se foram mais que confortos. Se foram como beijos dados...

Devaneios

RASCUNHOS INGÉNUOS

É a escrever que evoco os deuses; Mas agora a tinta não cai no papel. Nao choro, não sangro em palavras, versos ou devaneios que me aliviem a inquietação da...

Devaneios

SONO DA VERDADE

Deixo as enfermidades que tanto amo dominar-me. Em busca de atenuação de toda A dor e sofrimento, Deixo-me amar estas coisas. E que o amor me obceque por elas...