Sociedade

Jovem estadunidense mata 21 pessoas numa escola primária do Texas

Salvador Ramos, de 18 anos ,matou 19 pessoas em mais um tiroteio nos Estados Unidos, numa escola primária do Texas, na passada terça-feira. Joe Biden questiona-se sobre "Quando é que vamos fazer frente ao lóbi das armas? Estou farto e cansado disto" indicando "Temos de agir."
https://www.ucisd.net/domain/118

Foi na  passada terça-feira, que Salvador Ramos, um jovem estaduniense, entrou  pela escola Robb Elementary School possuindo um revólver e uma espingarda, que usou para  disparar contra os presentes. Foram 21 as vítimas mortais, entre as quais 19 crianças e duas professoras. Há, ainda, vários feridos a registar, estando três em estado grave. Os feridos estão a ser tratados no Hospital de Uvalde e no Hospital Universitário de San Antonio.

Todas as vítimas eram da mesma turma e encontravam-se na mesma sala, uma vez que o atirador se isolou  na mesma com elas. A polícia, que foi chamada ao local, foi também recebida com vários disparos, que levaram ao falecimento do atirador.  Dois dos membros do corpo policial foram atingidos, não correndo perigo de vida.

Segundo Pete Arrendondo, chefe da polícia de Ulvade, onde se localiza a escola primária Robb, o jovem de 18 anos agiu sozinho. Salvador Ramos comprou as suas duas primeiras armas poucos dias depois do seu décimo oitavo aniversário e antes de ir para a escola, ainda disparou contra a avó, que está agora no hospital em estado crítico. 

Os Estados Unidos estão de luto. O presidente norte-americano, Joe Biden,  soube do acontecimento quando regressava da sua viagem à Àsia, no Air Force One, o avião presidencial, tendo já ordenado que todas as bandeiras de edifícios públicos e da Casa Branca fossem colocadas  em meia haste. Durante a madrugada, reagiu ao massacre através de uma conferência de imprensa, diretamente da Casa Branca, onde voltou a reforçar a importância do combate à lei do porte de armas.

“Quando é que vamos fazer frente ao lóbi das armas? Estou farto e cansado disto.Temos de agir.” Joe Biden

 “Basta!”  foi a palavra que Kamela Harris, vice-presidente dos Estados Unidos, escolheu para descrever o episódio. Os “active shooter” têm acontecido regularmente no Estados Unidos, sendo este o quinto apenas em maio, bem como o mais mortal .desde o massacre em Connecticut, em 2012, onde morreram 26 pessoas.

 

Escrito por Inês Couto Gonçalves.

Revisão por Carina Seabra.