Sociedade

PLATAFORMA DE APOIO AOS REFUGIADOS LANÇA NOVA CAMPANHA

A plataforma de apoio aos refugiados (PAR) precisa da cooperação de mais pessoas e instituições nacionais para poder acolher cerca de 1.010 refugiados até Outubro de 2019. Desse número a PAR ambiciona acolher 340 pessoas, nas suas instituições anfitriãs.

A partir do dia 23 de Abril de 2019 a PAR lançou a campanha de sensibilização #fazemosPARte, para a angariação de instituições nacionais de acolhimento.

Segundo André Costa Jorge, diretor – geral do JRS de Portugal e novo coordenador da PAR, este movimento tem como objetivo reforçar a capacidade de acolhimento de refugiados desafiando mais pessoas, instituições, autarquias e empresas de diversos setores de atividade, a participar e a  utilizar a hashtag  nas suas plataformas digitais, espaços de opinião e diversos canais de comunicação para poder dar a conhecer o projeto e sensibilizar.

O coordenador adianta ainda que “com este movimento pretendemos envolver não só as instituições, mas também os indivíduos no geral e relançar um tema que é absolutamente atual e que necessita de uma resposta premente. Acreditamos que, através destas vozes que prontamente se juntam a nós, vamos conseguir quebrar barreiras e preconceitos e reunir mais apoio e mais ajuda”.

O papel das Instituições Anfitriãs passa por providenciar alojamento autónomo; alimentação e vestuário; o acesso à saúde; o acesso à educação; a aprendizagem da língua portuguesa; o apoio na integração laboral.

A PAR – Plataforma de Apoio aos Refugiados surgiu em 2015 para ajudar no impacto da crise humanitária que iniciou a dezembro de 2015. O organismo já ajudou cerca de 114 famílias refugiadas e com a campanha #FazemosParte, pretende angariar mais ajudas para poder apoiar mais famílias.

unnamed

Artigo da autoria de Cindy Tomé