Devaneios

És água que corre sentimento não parado movimento dilacerante. Vibração de nada mistério intocável pelos olhos de poesia.   Ouves o inaudível que sobra do entardecer. És espaço rarefeito augúrio do amanhecer.   Flutuas na corrente palpando cada desvio colapso iminente lugar não...