Política

QUEM É BERNIE SANDERS?

Aos 74 anos, o Senador Bernie Sanders enfrenta a maior batalha política da sua vida. O perfil do homem que enfrenta Hillary Clinton na caminhada para a Casa Branca.
Fotografia por Phil Roeder/Flickr

Esta história poderia começar em maio do ano passado. Em frente ao Capitólio, o Senador Bernie Sanders anuncia a sua candidatura a presidente dos Estados Unidos da América, pelo Partido Democrata. Em poucos minutos, o candidato descreve as suas bandeiras eleitorais – combate à desigualdade na distribuição da riqueza, combate ao aquecimento global, alteração das leis de financiamento das campanhas eleitorais e criação de emprego – e garante querer uma campanha baseada num debate sério de assuntos sérios. Este anúncio foi feito após o lançamento do vídeo que confirmava Hillary Clinton, a antiga secretária de Estado, como candidata à presidência pela segunda vez.

O início da carreira política de Bernie Sanders remonta aos anos 60, quando liderou um grupo de estudantes numa ação de luta contra a segregação nos alojamentos da Universidade de Chicago. Nos anos 70, concorre sem sucesso ao lugar de Senador pelo estado do Vermont e nos 80 é eleito Mayor da maior cidade do Vermont, Burlington, e cria o primeiro fundo imobiliário municipal, projeto pioneiro que permitiu a criação de habitação social gratuita para os cidadãos mais desfavorecidos.

Quando em 1990 é eleito para o congresso, opõe-se à guerra do Golfo e ao NAFTA (North American Free Trade Agreement), por considerar que este acordo permitiria às empresas americanas fugir para o México onde poderiam contratar mão-de-obra por “starvation wages”. Nessa época, também se mostrou contra a lei que reverteu a regulação do sistema financeiro imposta após a Grande Depressão, por considerar que iria favorecer a criação de monopólios.

Nos anos 2000, vota contra o Patriot Act e contra a invasão do Iraque e em 2006 é eleito membro do Senado como independente, apoiado, no entanto, pelo Partido Democrata.

Filho de um emigrante Polaco, Sanders define-se como Social Democrata, o que é por si só uma mudança no paradigma político americano. Apesar dos seus 74 anos, tem um grande suporte nos mais jovens, tendo obtido uma esclarecedora vantagem, nesta camada da população, na sua vitória no estado do New Hampshire.

Revolução é uma palavra muito usada para descrever a campanha de Bernie Sanders. Os seus apoiantes veem nele um veículo de mudança, de oposição aos interesses dos grandes grupos económicos e de proteção das minorias. Por outro lado, veem em Hillary Clinton uma candidata do establishment, que pouco pode contribuir para alterar o status quo. No entanto, Hillary Clinton é conhecida pela sua competência nos trabalhos que desempenha, ao passo que Bernie Sanders é, por muitos, acusado de ser pouco pragmático.

Com uma vitória no bolso e uma derrota no renhido caucus do Iowa, Bernie Sanders avança agora com confiança renovada para o Nevada, no próximo dia 20 de Fevereiro. Segundo as agências de sondagens, Hillary Clinton já esteve com 23% de avanço do seu adversário. Prevê-se agora uma disputa sem vencedor anunciado.