JUPbox

JUPbox: COMO ATRAVESSAR O RIO DOURO?

"Atravessarias o Douro a nado ou num barco a remar com os braços?". Foi esta a pergunta a que o JUP tentou dar resposta nesta edição do JUPbox.
Ilustração por Miguel Ministro
  • Sofia Sousa, 28 anos, ESEP

“Dentro de um barco a remar com os próprios braços porque assim acho que ia mais estabilizada. Se calhar numa vida passada devo ter morrido afogada porque eu acho que tenho algumas dificuldades a nadar.”

 

  • Cristina Caridade, 21 anos, Contabilidade, Iscap

“Dentro de um barco a remar porque assim posso descansar de vez em quando e apanhar sol.”

 

  • Marlene Almeida, 25 anos, Marketing, Iscap

“Eu preferia a nado, preferia nadar. Gosto de nadar. Se calhar chegava mais depressa do que estar a puxar o barco e a mim própria.”

 

  • Mariana Bernardo, 18 anos, Ciências da Comunicação, FLUP

“Nem uma nem outra, sujava as nails de qualquer forma…  Se bem que pronto, se tivesse que atravessar escolhia o barquito, porque acho que assim não me cansava tanto.”