JUPbox

JUPbox: A CHUVA MOLHA MAIS QUANDO ANDAS OU QUANDO CORRES?

Manuel Rodrigues, 21 anos, Criminologia
Manuel Rodrigues, 21 anos, Criminologia

 

Quando ando. Sei lá. Estás quieto e não consegues fugir dela. Não sei, sei lá. Porque se estiver a andar ela consegue apanhar-me. Se for a correr escapo pelo meio, desvio-me e ela não me vê e assim consigo fugir.

Manuel Rodrigues, 21 anos, Estudante de Criminologia, Faculdade de Direito da UP

 

 

Ricardo Alves, 23 anos, Tecnologias da Comunicação
Ricardo Alves, 23 anos, Tecnologias da Comunicação

A chuva… depende. Se eu correr abrigado não vai molhar nada. Mas dizem que quando corres e está a chover acabas por ficar mais molhada. É o que dizem. Pensar nisso é muito fácil. Então, se tu estás em movimento e também há chuva a cair e tu estás a correr vai ser maior o tempo em que estás a apanhar chuva. Ou seja, há uma curta distância que tu percorres. Durante essa curta distância está a chover e tu vais apanhar mais chuva porque estás a percorrer aquela curta distância a correr. Se fores a andar acabas por apanhar menos chuva. Há leis da física para explicar isto.

– Ricardo Alves, 23 anos, Estudante de Tecnologias da Comunicação Audiovisual, ESMAI

 

Lara Pinheiro Guedes, 18 anos, Medicina
Lara Pinheiro Guedes, 18 anos, Medicina

Quando ando, porque é mais lento, logo o impacto é maior. Como demoramos mais tempo também há mais chuva que cai e quando corro é muito mais rápido. Isso é uma perspetiva científica. Claro que eu tenho sempre tendência. Como é mais rápido, maior a distância e menor o tempo, logo menos chuva.

– Lara Pinheiro Guedes, 18 anos, Estudante de Medicina, ICBAS

 

 

Marta Rodrigues, 21 anos, Artes Plásticas
Marta Rodrigues, 21 anos, Artes Plásticas

Depende do tempo que estou a andar ou a correr. Se calhar a correr molha menos. É menos tempo e assim a chuva não tem tanto tempo para chegar ao teu corpo. Se estamos a correr atravessamos a chuva, enquanto a andar estamos ali. Levamos com cada vez mais chuva na mesma área do corpo. Acho que vai por aí. Eu tento sempre correr para não apanhar chuva.

– Marta Rodrigues, 21 anos, Estudante de Artes Plásticas, FBAUP

Save