Devaneios

RESISTÊNCIA EM PERMANÊNCIA

Ilustre eminência,
Escolhida na iminência
Da descoberta da consciência.

Haja paciência
Para a minudência
Da resistência.

É a tal insistência
Que chega à inconfidência
De cortar com a ciência.

Resiste,
Persiste,
Insiste.

Enfim, por fim,
Um só fim.

Um alguém sem ninguém.
Um mel sem fel.

Eis a resistência em permanência.