Cultura Educação

BRAÇOS NO AR, ENGENHARIA

Haverá um dia em que o Arraial de Engenharia canta em uníssono; ontem foi dia. As mãos no ar acompanharam ontem o entusiasmo dos estudantes na segunda noite do evento.
Vídeo por Joana Ribeiro.

O ritmo aqueceu, da conversa para a dança, com V V E I L S e Twomess a abrirem mais um dia de festa “Feupinha” no Palácio de Cristal. As batidas conhecidas convenceram, ao início da madrugada, os mais calmos da festa. Por volta da 1h da manhã, via-se o recinto do Palácio de Cristal repleto de estudantes que dançavam à medida que o volume subia.

Se houve energia contagiante essa foi a do Hip Hop. Que o diga JimmyP, o rapper portuense intitulado por muitos como o senhor da noite. Seguiu-se DJODJE e Pedro Casanova, já familiarizados com estas andanças entre estudantes. O ritmo só abrandou por volta das 5h da manhã, com várias promessas de voltar para o último dia.

O Arraial de Engenharia conta este ano com uma enchente extraordinária, acompanhada pelo aumento do número de marcas apoiantes e patrocinadores. A AEFEUP, a organizadora, orgulha-se do crescimento do evento, comparado, segundo os próprios, à Semana de Receção da FAP (Federação Académica do Porto).

Já intitulado como a “Queima de Inverno”, o Arraial de Engenharia termina hoje com Ghost Hunt, Martelo, Garagem e Sub Focus.