Educação

ESTUDANTES E INVESTIGADORES PREMIADOS PELA FRAUNHOFER

Os resultados do concurso Fraunhofer Portugal Challenge 2019 foram divulgados esta quarta-feira. Os seis projetos inovadores premiados dividiram-se nas categorias de Mestrado e Doutoramento. Por Bruno Almeida.

As grandes premiadas foram ideias que tornam a comunicação mais eficiente, através do uso da tecnologia fotónica nos satélites de telecomunicações, da autoria de Vanessa Duarte, e que contibuem para o diagnóstico da epilepsia, com a aplicação do Deep Learning, de Catarina Lourenço, nas categorias de Doutoramento e Mestrado, respetivamente, informou a Fraunhofer Portugal em comunicado.

O evento que encerrou a 10ª edição do Fraunhofer Challenge realizou-se na quarta-feira e premiou as teses de seis estudantes/investigadores de universidades portuguesas com bolsas de estudo num valor total de nove mil euros.

Na categoria de Mestrado, Gonçalo Marcelino recebeu o segundo lugar, tendo apresentado um sistema automatizado para a escolha das imagens que ilustram notícias, alindo a criatividade humana e a inteligência artificial, e o terceiro classificado foi Manuel Carneiro, com o desenvolvimento de um health wearable, permitindo a aquisição de eletroencefalograma numa base diária, a baixos custos.

Ricardo Correia é o segundo premiado na categoria de Doutoramento com a proposta de desenvolvimento de sensores passivos de baixo custo para a utilização nas comunicações 5G.

Em terceiro lugar ficou João Felício, com um sistema de rastreio do cancro da mama através de radicações microondas.

Segundo o comunicado, a avaliação destas ideias seguiu os critérios de grau de inovação, exequibilidade técnica, e potencial de mercado. O júri que encabeçou este processo era composto por membros da Fraunhofer AICOS, bem como peritos convidados da área da inovação, investigação e mundo empresarial.

A Associação Fraunhofer Portugal Research promove a investigação de cariz prático entre os seus centros de investigação e parceiros industriais, com o objetivo de a aplicar de forma prática no mundo empresarial.

Este artigo é da autoria de Bruno Almeida. Revisto por Rita Pais Santos.