Educação

PROFESSORES JÁ FORAM COLOCADOS PARA O NOVO ANO LETIVO

Este ano a colocação dos professores saiu mais cedo do que tem vindo a ser hábito. Ao contrário dos anos anteriores saiu ainda antes do final de agosto e esta semana os professores já se começaram a apresentar nas escolas. Por: Bruno Almeida

O Ministério da Educação lançou as listas de colocação dos docentes mais cedo do que o normal. As listas foram divulgadas na passada segunda-feira, dia 26 de agosto. Para o próximo ano letivo já foram colocados nas várias escolas do país cerca de 24 mil professores. Do total de colocados, ficaram 8600 professores a contrato, sendo que apenas têm 5400 com horários completos. Em contrapartida, O ano passado foram colocados 6 mil professores em horários completos.

Apesar do Ministério da Educação destacar o esforço administrativo para a realização das listas, a FenProf, Federação Nacional de Professores, coloca de parte uma boa ação do Governo. Para a organização sindical, estas medidas são fruto de ano de eleições e consequente campanha eleitoral.

No concurso de mobilidade interna só 2400 professores é que foram colocados, dos quais 300 ficaram sem horários atribuído, isto segundo os resultados de sexta feira passada. Este concurso destina-se a professores do quadro que se encontram sem dar aulas, bem como aqueles que desejam mudar de escola.

Em anos anteriores, os docentes contratados só sabiam da sua colocação nas vésperas do ano escolar, sendo que muitos deles eram colocados a grandes distâncias do estabelecimento escolar em que deram aulas no ano anterior ou da área de residência. As queixas vinham a acentuar-se ano após ano, principalmente devido aos gastos.

Com esta alteração, parece apresentar-se novos caminhos para as condições de trabalho do corpo docente e a relação com o Governo.

Artigo da autoria de Bruno Almeida