Educação

O BRASIL ESTÁ MAIS PERTO DE TER A PRIMEIRA ESCOLA PORTUGUESA

Foi dado mais um passo para a criação da primeira escola portuguesa no Brasil. Esta quinta-feira, assinou-se o acordo que cede ao governo português a Diretoria de Ensino da Região Centro-Oeste (antiga Escola Portugal), o edifício que vai acolher a instituição.

A morada está definida: a Diretoria de Ensino da Região Centro-Oeste, antiga Escola Portugal, vai acolher a primeira escola portuguesa no Brasil. A cedência do edifício oficializou-se esta quinta-feira. O governador Geraldo Alckmin juntou-se ao Embaixador de Portugal no Brasil, Jorge Cabral para assinar o acordo, numa cerimónia no Palácio dos Bandeirantes – a sede do Governo de São Paulo.

Este é o segundo passo dado entre o Governo Português e o estado brasileiro de São Paulo. O primeiro deu-se em junho do ano passado, quando o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues e o governador Geraldo Alckmin assinaram um decreto que previa a concretização da escola.

Em declarações à TSF, o cônsul português em São Paulo, Paulo Lourenço, diz que este é um sonho com mais de 30 anos. “É uma escola que vai servir todas as nacionalidades em São Paulo. É, na prática, uma escola internacional, que tem a nossa marca e cultura, o nosso currículo, programa pedagógico. Vai ser administrada diretamente pelo Ministério da Educação de Portugal”, acrescenta.

Note-se que este será um projeto com dupla certificação curricular, “dotada ainda de um Centro de Língua Portuguesa e de um núcleo de formação para professores”, lê-se no Diário de Notícias.

Segundo a TSF, foi criado um Grupo de Amigos e Patronos da Escola Portuguesa – uma plataforma aberta a todas as instituições, empresas, individualidades, organizações e lideranças que estejam dispostas a contribuir para o processo de edificação e estruturação da futura Escola.