ELEIÇÕES NA AEISTECP: “QUEREMOS TRABALHAR EM PROL DE TODOS” – Jornal Universitário do Porto
Educação

ELEIÇÕES NA AEISTECP: “QUEREMOS TRABALHAR EM PROL DE TODOS”

Decorreu no passado dia 4 de janeiro, a tomada de posse dos novos órgãos sociais da Associação de estudantes do ISTEC Porto para o mandato de 2017/2018, onde foi eleito como presidente Carlos Sousa.

Com “firmeza” e ” vontade de crescer”, foi assim que o Carlos Sousa descreveu a sua decisão de assumir a presidência da AEISTECP.

Segundo este, apercebendo-se de que havia “muito trabalho que poderia, mas não estava a ser feito”, e recusando-se a “ficar de braços cruzados”, decidiu reunir “os elementos mais destemidos, focados e motivados” para compor a sua equipa e avançar com a candidatura, sem nunca esquecer a “representatividade de todos os grupos e turmas do instituto”.

Durante o seu discurso de tomada de posse, a mensagem passada foi unânime, ficando clara a missão da AEISTECP de trabalhar sempre em “duas perspetivas, a dos alunos e a do instituto”.

A preocupação da nova direção da AEISTECP para este mandato, será fortalecer a ligação com o instituto através de uma comunicação cada vez mais constante, e aumentar a representatividade dos alunos através de iniciativas como a criação de um jornal, que trará uma maior visibilidade ao Instituto e às suas atividades.

Gonçalo Lages, Presidente do Núcleo de Jornalismo Académico do Porto (NJAP), referiu a importância de os jornais se adaptarem às novas tendências e novos hábitos dos leitores, numa fase em que o jornalismo impresso tem sido preterido em relação ao jornalismo online.

No entanto, o Presidente do NJAP afirma que as edições impressas têm um enorme impacto e “fazem falta à Academia”, relembrando a perda de financiamento para a impressão do Jornal Universtário do Porto (JUP) – jornal universitário mais antigo do país, que contava com uma tiragem de 40.000 exemplares anuais de distribuição gratuita –, que levou à extinção da sua edição impressa após a última edição em outubro de 2014.

Outro dos compromissos assumidos pela nova direção da AEISTECP passa pela a criação de várias parceiras com instituições externas com o objetivo de divulgar “o bom nome e crescer juntamente com a cidade”.

“Não nos prendemos ao passado, queremos sempre pensar num futuro. Queremos estar a lado de toda academia, e trabalhar em prol de todos”, sublinhou presidente Carlos Sousa.

Testemunha deste legado, o painel convidado para integrar a mesa desta tomada de posse foi composto por: Gonçalo Lages, Presidente do Núcleo de Jornalísmo Académico do Porto, Fábio Teixeira, Vice-Presidente da Federação Académica do Porto, David Nogueira, Presidente da Federação Nacional de Ensino Superior Particular e Cooperativo, Doutor Fernando Pereira, Membro do Conselho Técnico-Cientifico, Professora Doutora Luísa Orvalho, Diretora do Conselho Pedagógico

A equipa

Diogo Luís ocupa o cargo de Vice-Presidente, Mário Moreira assume a função de Tesoureiro e Bruno Gonçalves ocupa o lugar de Secretário da Direção. Vítor Diogo, Pedro Caldas e Francisca Graça são Vogais.

Na mesa da Assembleia Geral, Bruno Figueiredo assume a Presidência, enquanto Berta Archer e Ricardo Filipe ocupam o cargo de Secretário.

No Conselho Fiscal, Ivo Ribeiro é Presidente. Ricardo Ferreira, assume o cargo Secretário e Maria Esteves de Tesoureira.