Educação Sociedade

WETRUCK APOSTA NA MOBILIDADE ELÉTRICA E VENCE O IUP25K 2014

A iniciativa de carácter ambiental foi premiada com 15.000 euros e uma viagem ao México que permitirá que a mesma seja inserida num concurso internacional de empreendedorismo: o RedEmprendia SPIN 2014. Este projeto poderá ainda ter a oportunidade de chegar aos mercados em dezembro do próximo ano.

O projeto vencedor partiu de quatro rapazes licenciados em Engenharia Electrotécnica pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP): Bruno Costa, Rodrigo Pires, Justino de Sousa e José Soares. A ideia teve início na dissertação de mestrado de Bruno Costa, apresentando uma solução de mobilidade elétrica aplicável em veículos de transporte de mercadorias, que visa atenuar vários problemas tais como: o gasto de combustível (reduzindo o mesmo em cerca de 87%), as altas emissões de CO2, os custos de manutenção e os níveis de ruído.

Em segundo e terceiro lugares ficaram os projetos CECO – um conversor de energia das ondas do mar – e 5Senses – uma aplicação que visa substituir os comandos tradicionais dos portões automáticos -, que ainda triunfou na categoria de Best TIC, e ganhou o “prémio do público”. O destaque foi também para o projeto Tipifire, triunfante na categoria de Best Social Business. Ainda na categoria de Best TIC houve uma menção honrosa a Jogos Sociais, Verdadeiramente Sociais.

A cerimónia abriu com o discurso de Carlos Brito, pró-reitor para o empreendedorismo e a inovação da Universidade do Porto, que referiu a importância deste género de iniciativas na “criação de valor”. Seguiu-se Marcos Ribeiro, Diretor do Santander Universidades, que salientou que o empreendedorismo tem “muito de investigação e muito de atitude”. Seguiu-se uma apresentação da parte do Professor Sénen Barro Ameneiro, professor catedrático da Universidade de Santiago de Compostela, que se focou na importância do Empreendedorismo. Abordou o facto de se estarem a notar momentos de mudança e a forma como isso afeta as ideias de futuro dos jovens atualmente. Criticou o facto de muitas escolas não educarem os seus alunos incentivando-os ao empreendedorismo e referiu a importância de “aprender a pensar” e também a agir.

De seguida as dez equipas finalistas apresentaram as suas ideias, cada uma com cinco minutos de tempo. As equipas foram respondendo às perguntas colocadas pelos membros do júri, entre os quais estavam José Alberto Correia, diretor da Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação da Universidade do Porto (FPCEUP), Jorge Gonçalves (Vice-reitor para a I&D+I da Universidade do Porto), Marcos Ribeiro (Diretor do Santander Universidades) e Carlos Brito, pró-reitor para o empreendedorismo e a inovação da Universidade do Porto.

Após a pausa para coffee break, foi apresentado o programa de financiamento IN 2 BA pelo Dr. Francisco Nunes. Depois, os vencedores da edição do ano passado do iUP25k, o Professor Hélder Crespo da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) e Rosa Romero, doutorada pela mesma faculdade e investigadora, apresentaram o seu projeto vencedor e a forma como a iniciativa fundada por ambos tem crescido desde que a sua vitória no concurso. A estas duas palestras seguiu-se a cerimónia de entrega dos prémios.

Filipe Castro, eventmanager do iUP25k, salientou ao JUP que o concurso, além de pôr várias ideias em competição, coloca a possibilidade de os concorrentes melhorarem a sua proposta de valor, capacitando-os também para a apresentação da ideia a investidores e outras pessoas da mesma área. Filipe considera a iniciativa como sendo “cada vez menos um concurso e mais uma ação de capacitação para dar possibilidades aos projetos ao longo de um período de tempo. No fim tudo culmina neste evento, um concurso perfeitamente tradicional.”. Aludiu ainda à importância do Empreendedorismo, assim como dos efeitos positivos que este poderá ter. “Se fomentarmos a aplicabilidade do conhecimento, estaremos a ajudar e a fazer com que coisas aconteçam: a criação de um novo projeto, associações novas, empresas novas. Acho que tudo deve passar por capacitação e uma forte componente formativa e por criar condições para que as pessoas possam fazer melhor.”

A edição de 2014 do iUP25k contou com o patrocínio oficial do Santander Totta, com a organização da UPIN e da CEDUP, bem como os apoios da UPTEC, Porto Business School, Startup BUZZ, Microsoft, SHARE, StartupPirates, IES, RedEmpreendia e ainda da Câmara Municipal do Porto.