Educação

AEFLUP INVOCA ALTERAÇÃO NO CONSELHO PEDAGÓGICO

A 16 de março realizam-se as eleições dos representantes dos estudantes para o Conselho Pedagógico da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, assunto debatido pela Associação de Estudantes da faculdade (AEFLUP), por discordar com o regulamento e sistema de apresentação e constituição de listas candidatas.

Apesar dos estatutos da Faculdade terem sido alterados recentemente, mantém-se a limitação de participação da comunidade estudantil neste processo, sendo que apenas os alunos eleitos nas Comissões de Acompanhamento dos cursos se podem candidatar. Este regulamento impede, assim, os estudantes de apresentarem livremente as suas propostas. A AEFLUP considera que este não é um “processo democrático e transparente” e defende que “todos os estudantes de todos os ciclos de estudos devem ser elegíveis”, como exposto no comunicado oficial.

A Associação de Estudantes tem vindo a atuar no sentido de conseguir uma revisão e alteração dos estatutos da Faculdade, reunindo para o efeito com o Presidente do Conselho de Representantes da FLUP, Carlos Azevedo, e com a Diretora da Faculdade, Fernanda Ribeiro.