Desporto

Basquetebol: FC Porto sai de cena nos “oitavos” da Taça de Portugal

Os “azuis e brancos” visitaram e perderam frente ao eterno rival SL Benfica, este domingo, no Pavilhão Fidelidade, em jogo a contar para os oitavos-de-final da Taça de Portugal. 97-93 foi o resultado final. Por Duarte Alves.

Depois de três jogos para o campeonato nacional numa semana, o Futebol Clube do Porto (FC Porto) viajou até à capital portuguesa, para defrontar o Sport Lisboa e Benfica (SL Benfica), invicto nas competições nacionais, num jogo de “mata-mata”.

Primeira parte portista

O primeiro período foi de excelência, com ambas as equipas a procurarem o cesto e a não abrandarem o ritmo. Estamos a falar das duas equipas que ocupam as duas primeiras posições do campeonato e isso é indicativo de um bom espetáculo.

Nos primeiros cinco minutos, o SL Benfica teve pontaria certeira, com 20 pontos e a tomar a dianteira no marcador numa fase inicial da partida. 28-22 era o resultado no fim dos primeiros dez minutos.

O segundo período começou de feição para os “dragões”. Recuperaram da desvantagem de seis pontos e igualaram o marcador, o que fez com que Norberto Alves, treinador dos encarnados, solicitasse um tempo de desconto para reorganizar a sua formação.

Apesar das melhorias visíveis do conjunto benfiquista, que entrou a meio gás no segundo quarto, o FC Porto conseguiu ser superior e alcançar uma vantagem no marcador, muito por culpa de uma excelente capacidade ofensiva, que o conjunto lisboeta não reverteu. Os portistas foram para o intervalo a vencer por 45-50.

Qualidade máxima na segunda parte

A segunda parte começou melhor para o conjunto de Norberto Alves, que alcançou a equipa portista e chegou à frente do marcador. Os jogadores encarnados entraram com outro afinco para a derradeira parte e o FC Porto não conseguiu manter a vantagem que levou para os balneários.

Contudo, a meio do terceiro período, o conjunto do norte restabeleceu-se e reforçou a ideia de ser uma equipa candidata ao título. Com uma excelente atitude recuperou e conseguiu chegar ao último período na frente do marcador. 68-71.

Os dez minutos finais começaram da melhor maneira para a formação benfiquista, que com um parcial de 6-0, passou para a frente do marcador. Nesta altura, ambos os conjuntos, combinados, tinham 24 triplos concretizados, o que demonstra a pontaria afinada das equipas.

Apesar dos esforços portistas, o conjunto da casa foi mais forte e conseguiu superiorizar-se aos “azuis e brancos”. Com ataques bem conseguidos e uma defesa aguerrida, conseguiu ser melhor que o adversário.

A dois minutos do fim, um triplo do extremo-poste tunisino dos encarnados, Ben Romdhane, colocou um ponto final na partida, ao aumentar a distância da formação da casa para nove pontos.

Apesar do inconformismo dos comandados por Fernando Sá, treinador da equipa forasteira, que conseguiu dois triplos consecutivos nos momentos finais, o resultado sorriu para o SL Benfica, que garantiu a passagem à próxima fase da Taça de Portugal, ao deixar o FC Porto pelo caminho. 97-93 foi o resultado final.

No aspeto individual, destaque para o norte-americano portista Max Landis, com 30 pontos, e Terrell Carter, poste benfiquista, com 22 pontos e 11 ressaltos, o que o tornou dominante debaixo da tabela.

Os “dragões” continuam a sua caminhada no campeonato nacional no próximo sábado, frente ao recém-promovido Sangalhos, no Dragão Arena, pelas 18h. O SL Benfica joga na quarta-feira, pelas 19h, frente ao rival da Segunda Circular Sporting CP, em jogo correspondente à 12ª jornada do campeonato.

Artigo da autoria de Duarte Alves