Desporto

Basquetebol: FC Porto demolidor frente à UD Oliveirense

Os “azuis e brancos” receberam e venceram este domingo, no Dragão Arena, a equipa da UD Oliveirense, na primeira jornada da segunda fase do campeonato. 91-64 foi o resultado final. Por Duarte Alves.

Uma semana depois do último confronto entre as duas equipas, o Futebol Clube do Porto (FC Porto) e a União Desportiva Oliveirense (UD Oliveirense) voltaram a encontrar-se, no começo de uma nova fase do campeonato. Num jogo que se esperava equilibrado, a equipa da casa cedo demonstrou a sua superioridade. 

Primeira parte de luxo

Os primeiros minutos da partida em nada faziam prever o desnível que acabou por se verificar no resto do encontro. Com duas equipas conhecedoras uma da outra, onde os pormenores seriam fulcrais para conquistar a vitória, o conjunto da casa entrou em campo concentrado e focado em começar a nova fase do campeonato com uma vitória.

O primeiro período começou equilibrado, com ambas as equipas com acerto no tiro interior e exterior, com ataques rápidos e defesas aguerridas, seja em defesa a campo inteiro ou na defesa à zona. 

Contudo, a turma da “Invicta” conseguiu distanciar-se no marcador, com uma sólida prestação ofensiva, onde conseguiu ganhar uma vantagem na casa das dezenas ao fim dos primeiros dez minutos, terminando na frente por 29-16.

O segundo período foi a continuação do bom jogo que a equipa da casa estava a fazer, confortável na frente do marcador, com aposta na rotatividade e sempre concentrado na defesa. Assim, o FC Porto evitou que a turma de Oliveira de Azeméis se aproximasse no marcador. e a primeira parte terminou 54-35 para a equipa da casa.

Confirmação da vitória portista

A segunda parte começou de forma diferente. A UD Oliveirense entrou em campo com outra atitude e com vontade de inverter a imagem deixada na primeira parte. 

Com um parcial de 0-6 nos primeiros minutos do terceiro período, o FC Porto ficou em sentido e reorganizou-se, de forma a dar seguimento à exibição soberba da primeira parte. Apesar da diferença de atitude e das melhorias trazidas do balneário, a equipa visitante não teve capacidade de inverter o resultado ou sequer aproximar-se. Os “dragões” voltaram a trazer o bom basquetebol do primeiro tempo e conseguiram vencer o terceiro período, por dois pontos, e fixar o resultado em 72-51.

No derradeiro período, o resultado manteve-se desequilibrado, com o conjunto de Moncho López, treinador do FC Porto, a permanecer mais forte dentro de campo, com mais intensidade do que o adversário. 

Apesar do resultado estar quase fechado, ambas as equipas protagonizaram um ótimo espetáculo perante um Dragão Arena bem composto nesta primeira jornada da segunda fase do campeonato. O resultado final foi 91-64.

No plano individual, os melhores marcadores do encontro foram Charlon Kloof, do FC Porto, e Zane Waterman, o jogador mais inconformado da UD Oliveirense, que marcaram ambos 20 pontos.

Outro jogador que se destacou e foi fundamental para a diferença no marcador na primeira parte foi Rashard Odomes, dos “dragões”, que terminou com 15 pontos, todos eles marcados na primeira parte.

Os próximos compromissos do Futebol Clube do Porto são de extrema importância para as aspirações “azuis e brancas”, com a deslocação ao Pavilhão da Luz, onde vai defrontar o Sport Lisboa e Benfica, no próximo domingo, dia 10 de abril, pelas 17h. Já a União Desportiva Oliveirense irá defrontar o Sporting Clube de Portugal, no seu pavilhão, dia 9 de abril, pelas 21h.

Artigo da autoria de Duarte Alves