Desporto

Andebol: FC Porto empata na receção ao Campeão Europeu

Os “dragões” receberam, esta quinta-feira, o Barcelona em jogo a contar para a fase de grupo da Liga dos Campeões EHF. 33-33 foi o resultado final. Por Francisca Santos

Depois do desaire na Polónia que culminou na derrota frente ao VIVE Kielce, o Futebol Clube do Porto (FC Porto) regressou à Liga dos Campeões EHF, esta quinta-feira, para receber o Futbol Club Barcelona (Barcelona), no Dragão Arena. À partida para o encontro, os espanhóis encontravam-se na terceira posição, enquanto os “azuis e brancos” ocupavam o sexto posto.

De salientar que, na época transata, o Barcelona venceu a Liga dos Campeões EHF no frente a frente com o Aalborg. Nessa mesma temporada, os portistas caíram nos oitavos de final contra os vice-campeões.

Márton Székely e Ivan Sliskovic levam vantagem para o intervalo

De pavilhão cheio e com vontade de conquistar os três pontos, o FC Porto entrou mais forte na partida, dominou o jogo e o marcador nos primeiros cinco minutos. Na baliza Márton Székely travava o ataque espanhol, enquanto, no ataque, os “dragões” eram eficazes.

O primeiro golo dos visitantes só surgiu à passagem do minuto seis através de um livre de sete metros convertido por Aleix Gómez. Embora os “dragões” tenham mantido o ritmo, os espanhóis começaram a encurtar no marcador. Os portistas tiveram em vantagem até minuto 17, no entanto o poderio espanhol foi superior e reverteu o resultado. Aleix Gómez foi, de novo, o marcador, mas que, desta vez, colocou a sua equipa em vantagem (7-8).

Nos restantes minutos da primeira parte, o jogo continuou frenético e nenhuma das equipas queria vacilar. No entanto, o FC Porto conseguiu impor o seu jogo e, nos dez minutos finais, conseguiu um parcial de 8-5, com destaque para Ivan Sliskovic responsável por quatro golos.

Findos os primeiros 30 minutos, o resultado estava fixado em 17-14, favorável aos “dragões”.

Raça portista conquista um ponto

À semelhança da primeira metade, o segundo tempo começou com um FC Porto dominador no ataque e na defesa. Em apenas cinco minutos, os “dragões conseguiram um parcial de 4-0, colando o resultado em 21-15. A maior vantagem do encontro chegou mesmo aos nove minutos com 23-16 no marcador- sete golos de diferença.

Como era de esperar, o Campeão Europeu não desistiu do resultado e começou a criar dificuldades ao FC Porto, embora Márton Székely continuasse a ser o destaque da partida. O equilíbrio reinou e o Barcelona empatou o jogo a 27 golos à passagem do minuto 21.

O minutos finais foram de grande tensão e de muito equilíbrio, estando o resultado separado por um único golo. O Barcelona só chegou à vantagem, pela primeira vez, nesta segunda parte aos 26 minutos, mas vantagem que foi revertida por Pedro Cruz, jogador portista, a pouco mais de dois minutos do final do encontro. Apesar da insistência de ambas as equipas, o empate no marcador acabou por sentenciar a partida. 33-33 foi o resultado.

A nível individual, no FC Porto, Ivan Sliskovic foi o melhor marcador com sete golos, enquanto, na formação espanhola, Aleix Gómez foi o melhor marcador do Barcelona e da partida com 11.

No final do encontro, Magnus Andersson, técnico portista mostrou-se orgulhoso da equipa e do resultado embora tenha realçado que “olhando para trás, podemos sentir-nos tristes por não termos ganho”. Para além disso, agradeceu aos adeptos presentes que, na sua opinião, ajudam “muito dentro do campo”.

Carlos Ortega, treinador do Barcelona, não ficou feliz com o resultado e demonstrou alguma insatisfação. No entanto, felicitou os “dragões” pelo resultado e sublinhou a enorme pressão da formação “azul e branca” exercida no encontro.

Com este resultado, as contas do grupo B alteram-se. Com seis jogos, o Barcelona ocupa agora o segundo lugar, enquanto o FC Porto sobe para o quinto. Para a Liga dos Campeões EHF, os “dragões” voltam a jogar dia 17, no Dragão Arena, frente aos franceses do Paris Saint-Germain.

O jogo que se segue é já este domingo, dia 31, onde o FC Porto, segundo classificado com um jogo a menos, vai jogar frente a frente com Académico Basket Clube (ABC), clube que ocupa a 14º posição, em encontro a contar para o Campeonato Nacional.

Artigo da autoria de Francisca Santos