Desporto

Academia do Porto conquista quatro medalhas nos CNU de Canoagem

Os representantes dos estabelecimentos de Ensino Superior do Porto conseguiram duas medalhas de prata e outras tantas de bronze, durante os Campeonatos Nacionais Universitários de Canoagem que decorreram, este sábado, em Montemor-o-Velho. Por Francisca Santos

Depois dos Campeonatos Nacionais Universitários (CNU) de Atletismo de Pista Coberta que decorreram em Pombal, no início do mês de março, a competição regressou, este sábado, com a modalidade de canoagem. O evento decorreu em Montemor-o-Velho, onde competiram cerca de 70 atletas, o maior número de participantes desde que a prova é realizada. 

A primeira final do dia levou ao pódio Rodrigo Martins, da Academia do Porto e representante da Associação de Estudantes do Instituto Universitário da Maia. O atleta conquistou o segundo lugar na categoria de K1 500 metros masculino. O ouro seguiu para Coimbra, medalha conquistada por Rúben Boas. Júlio Morgado foi o melhor classificado da Universidade do Porto (U.Porto), nesta prova, ao terminar no quarto lugar. 

Nas categorias de C1 200 metros e C1 500 metros, Júlio Lopes, representante da U.Porto e estudante da Faculdade de Engenharia da Universidade Do Porto (FEUP), conquistou duas medalhas. O atleta arrecadou dois terceiros lugares e, consequentemente, duas medalhas de bronze. Júlio foi o atleta que conquistou mais insígnias pela U.Porto.

A última medalha foi assegurada na vertente feminina da categoria de K2 500 metros. Na prova de duplas, Ana Rocha e Mariana Morais, da U.Porto, conquistaram a prata. À frente das atletas da universidade portuense ficaram Mafalda Germano e Maria Brandão da Associação Académica de Coimbra. A nível individual, a melhor marca da Universidade portuense foi conseguida nos K1 200 metros femininos, por Inês Costa, com um quarto lugar. 

O Ensino Superior do Porto arrecadou então quatro medalhas, sendo três da U.Porto, que ficou em terceiro lugar, a nível coletivo. Os dois primeiros lugares do pódio foram conquistados pela Associação Académica de Coimbra e a Associação Académica da Universidade do Minho, na primeira e segunda posição, respetivamente. Com o primeiro lugar alcançado, a instituição de Coimbra renovou o título nacional coletivo. 

Artigo da autoria de Francisca Santos