Desporto

Andebol: FC Porto segue invicto após vitória sobre o SC Horta

Os “dragões” visitaram, esta terça-feira, o SC Horta, nos Açores, em jogo antecipado da jornada 25 do campeonato. 28-35 foi o resultado final. Por Beatriz Faria

Depois da vitória frente a AD Sanjoanense, o Futebol Clube do Porto (FC Porto) visitou e venceu o Sporting Clube da Horta (SC Horta) num jogo antecipado referente à 25ª jornada do campeonato. À partida para o encontro, os “azuis e brancos” ocupavam o primeiro lugar da tabela, enquanto a equipa da casa estava no 14º lugar. A partida realizou-se no Pavilhão Desportivo da Horta, nos Açores, onde as bancadas já se encontravam ocupadas pelo público.

Primeira parte de altos e baixos

A partida começou bastante equilibrada entre as duas equipas. Embora o favoritismo portista fosse claro, os primeiros minutos revelaram alguma falta de consistência por parte dos “azuis e brancos”, o que originou muitos altos e baixos. Apesar dos contratempos, foi a equipa visitante que abriu o marcador por Djibril M’Bengue. 

O jogo seguiu com o SC Horta muito eficaz nos contra-ataques, a aproveitar as oportunidades e as falhas a nível defensivo por  parte dos “dragões”. O jogador da formação açoriana, Bruno Landim, destacou-se no encontro pela agressividade e facilidade que revelou no ataque, com bastante mobilidade em ambos os lados do terreno de jogo. Do lado do FC Porto, o guardião Márton Székely teve um papel crucial, ao evitar que os açorianos se aproximassem no resultado. 

Os comandados por Magnus Andersson, técnico portista, começaram a crescer no jogo e aumentaram a vantagem para um parcial de 4-8. A equipa da casa, depois do primeiro time-out, recuperou terreno e diminuiu a distância para o líder do campeonato. Perto do minuto 20, o FC Porto voltou a revelar dificuldades. O treinador dos “dragões” viu-se obrigado a fazer alterações na equipa e, apesar de alguma passividade, seguiram para intervalo com o resultado fixado em 14-17. 

Luta acesa pelos pontos

No regresso para a segunda parte, José Paulo Silva, jogador açoriano, inaugurou o marcador, marcou duas vezes consecutivas e colocou o resultado em 19-19. O FC Porto recuperou a forma e afirmou a vontade de conquistar a 23ª vitória no campeonato com maior agressividade e organização no ataque. 

Aos onze minutos, face à ausência do guarda-redes portista, Diogo Branquinho realizou uma defesa invulgar que fez escapar a Bruno Landim mais um golo na partida. A formação azul e branca reagiu bem à pressão provocada pelo adversário no início da derradeira metade e manteve-se, desta forma, constante até ao final do jogo. Perto dos dezassete minutos de jogo, Daymaro Salina, com assistência de Fábio Magalhães, marcou em queda um golo importante que aumentou a vantagem dos “azuis e brancos”. A partida terminou com o resultado fechado em 28-35, a favor do FC Porto que, ainda que com alguma passividade defensiva, conquistou a 23ª vitória em 23 jogos disputados.

Os “dragões” voltam a entrar em campo no sábado, no Dragão Arena, para defrontar o Vitória FC, nono classificado, em jogo da 23ª jornada. No mesmo dia e em jogo alusivo à mesma ronda, a formação açoriana, que segue na 13º posição, vai defrontar a AD Sanjoanense, 15ª na tabela classificativa. 

Artigo da autoria de Beatriz Faria.