Desporto

Andebol: FC Porto supera primeiro teste frente ao Aalborg

Os “dragões” receberam, esta quinta-feira, a formação dinamarquesa em jogo a contar para os oitavos de final da Liga dos Campeões EHF. A equipa “azul e branca” saiu vencedora por 32-29. Por Miguel Freitas

Depois da vitória frente ao Madeira SAD para o campeonato, o Futebol Clube do Porto (FC Porto) procurava continuar o bom momento na receção ao campeão dinamarquês. À partida para o encontro, os “azuis e brancos” tinham cinco vitórias em 14 jogos na Liga dos Campeões EHF, enquanto o Aalborg somava sete na mesma competição.

Primeira parte de Champions

Cientes das complicações que o Aalborg podia criar, o FC Porto entrou muito concentrado no início da partida. Com um bloco defensivo compacto, a equipa dinamarquesa teve muitas dificuldades em encurtar a distância no resultado conseguida pela equipa “azul e branca”. Aliado a isso, o FC Porto esteve muito eficaz no ataque, sem desperdiçar as oportunidades que dispôs. A meio da primeira parte a formação orientada por Magnus Andersson ganhava por 8-5.

Apesar do desconto de tempo pedido pelo treinador Stefan Madsen, os dinamarqueses continuaram apáticos no ataque, com inúmeras falhas técnicas. Nikola Mitrevski, guardião portista, começou a evidenciar-se e manteve a vantagem da equipa da casa. Do outro lado do campo, o ataque portista aproveitava para continuar a carburar com o habitual 7 para 6, sistema tático que a equipa dinamarquesa não conseguiu contrariar em toda a primeira parte. O resultado ao intervalo era 18-14, espelho de trinta minutos bem conseguidos por parte dos “dragões”.

A continuação da primeira parte

Depois de uma primeira parte imaculada, a equipa “azul e branca” entrou desconcentrada no segundo tempo. O Aalborg corrigiu algumas falhas atacantes e rapidamente se aproximou no marcador, o que obrigou Magnus Andersson a pedir um desconto de tempo. Depois de ajustes táticos, a formação dinamarquesa conseguiu o empate pela primeira vez na partida, mas o FC Porto não vacilou e de uma forma eficaz conseguiu chegar de novo aos três golos de diferença.

Os “dragões” continuavam fortes, mas a equipa do Aalborg melhorou muito por comparação com a primeira parte. Apesar de alguns remates falhados frente ao guarda-redes dinamarquês, a equipa portista conseguiu estar sempre em vantagem, mas sabia que qualquer desconcentração podia causar a reviravolta no marcador. Nos minutos finais, os visitantes apostaram no 7 para 6 e causaram algumas dificuldades à defesa portista que esteve em grande destaque durante todo o jogo.

Apesar das investidas dos nórdicos, o FC Porto segurou o resultado durante todo o jogo, que permitiu preservar a diferença de três golos para a segunda mão da eliminatória. Iturriza, do lado portista, e Barthold, dos visitantes, foram os melhores marcadores do encontro, com oito golos cada. 32-29 foi o resultado final.

Após o final do encontro, Magnus Andersson, treinador do FC Porto, destacou os pequenos detalhes que “foram importantes” e alertou para o facto da eliminatória “estar a meio”. Por outro lado, Stefan Madsen, técnico do Aalborg, referiu que a “equipa esteve muito longe do melhor nível que pode apresentar”, mas que “aprendeu muito com este jogo”.

Na quarta-feira, o FC Porto desloca-se até à Dinamarca para voltar a defrontar o Aalborg, na segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões EHF.

Artigo da autoria de Miguel Freitas