Desporto

EUSA anuncia adiamento dos Jogos Europeus Universitários de Belgrado

A Associação Europeia do Desporto anunciou, esta segunda-feira, o adiamento da quinta edição dos Jogos Europeus Universitários. A competição estava prevista realizar-se entre 14 e 27 de julho, em Belgrado, mas foi adiada devido à pandemia do COVID-19. Por Matilde Maria Marques

Face à evolução da situação epidemiológica da COVID-19, a Associação Europeia do Desporto Universitário (EUSA) viu-se obrigada a adiar, mais uma vez, a quinta edição dos Jogos Europeus Universitários, que estavam agendados para realizarem-se entre o 14 e 27 de julho, em Belgrado.

O evento encontrava-se, primeiramente, agendado para julho de 2020, mas devido à evolução da pandemia, foi remarcado para o ano seguinte. Contudo, e apesar de todos os esforços da comissão organizadora local, da EUSA e dos múltiplos parceiros, revelou-se urgente prorrogar, novamente, a realização deste evento desportivo. 

Na base da decisão está a impossibilidade de se encontrarem reunidas todas as condições necessárias para a ocorrência da competição em segurança. Assim, e de maneira a salvaguardar o interesse de todos os envolvidos, a organização considera que esta foi a melhor decisão.

Esta providência surge na sequência da imprevisibilidade da evolução pandémica, que, até então, deixava no ar a esperança de que as decisões tomadas no combate ao COVID-19, nomeadamente no que concerne à vacinação, pudessem trazer um outro desfecho que não o adiamento da competição.    

Apesar de tudo isto, a entidade organizadora destas competições na Europa acredita que, a seu tempo, “a situação irá melhorar”, pelo que todos os jogos vão poder ser realizados com as devidas condições de segurança. Não obstante, a EUSA agradece ainda a todos os que se esforçaram na organização deste evento. 

A Associação Europeia do Desporto Universitário vai agora reunir com as federações, organizadores e autoridades de saúde, e não descarta a hipótese de que esta edição dos Jogos Europeus Universitários se realize ainda este ano.

Artigo da autoria de Matilde Maria Marques