Desporto

Basquetebol: FC Porto vence Maia Basket e alcança 20ª vitória no campeonato

Os dragões visitaram e venceram, este domingo, a equipa da Maia em jogo alusivo à 24ª jornada da Liga Portuguesa de Basquetebol. 65-92 foi o resultado final. Por Beatriz Faria

O Futebol Clube do Porto (FC Porto) deslocou-se, no final da tarde de domingo, ao Pavilhão Municipal Nortecoope para defrontar o Maia Basket Clube (Maia Basket). A equipa visitante, que vinha de uma vitória frente ao Galitos FC, na sexta-feira, fez jus ao favoritismo que lhe era atribuído no início da partida e bateu a equipa da Maia com uma vantagem de 27 pontos. Com este resultado, os “dragões” ocupam a segunda posição da tabela classificativa e mantém a distância para o líder Sporting CP, já a equipa da casa continua no 13º lugar. 

Início passivo mas eficaz

Apesar do marcador revelar superioridade “azul e branca”, os primeiros instantes do quarto inaugural foram equilibrados. No entanto, os “dragões” conseguiram impor o seu jogo, com influência decisiva do portista Jalen Riley.  O base norte-americano marcou três triplos e fez a equipa fechar o primeiro período da partida com um parcial de oito pontos de vantagem. Os comandados de Moncho López, técnico portista, conseguiram alargar a vantagem apesar de algumas falhas a nível defensivo e menor intensidade no ataque. 

A equipa da casa aproveitou a passividade defensiva do FC Porto e, com destaque para Bright Mensah, cresceu no ataque e conseguiu criar mais situações de perigo que equilibraram o resultado. O Maia Basket estabeleceu uma estratégia defensiva ativa que limitou os “azuis e brancos”. Ainda assim, Pedro Pinto exibiu-se a grande nível do lado dos visitantes e ajudou a construir a maior vantagem que os “dragões” tinham alcançado até então. 40-52 era o resultado no final da primeira parte do encontro .

Abundância “azul e branca”

No retorno do intervalo, o FC Porto não abrandou e demonstrou superioridade e melhor ritmo de jogo desde o início do terceiro quarto até ao final. O penúltimo período da partida teve a exibição que melhor refletiu o resultado final. Foi o recém-chegado norte-americano Garrett Nevels que abriu o marcador nesta segunda metade de jogo, com um triplo, resultado de uma melhor organização ofensiva apresentada pelos “dragões”. 

Jalen Riley, mais uma vez, mostrou-se eficaz da linha dos três pontos e com uma rápida e eficaz jogada em contra-ataque afastou ainda mais a equipa da Maia da pontuação portista. Com mais consistência por parte de toda a equipa, o FC Porto criou maior dificuldade às manobras ofensivas do adversário e alcançou, deste modo, a maior vantagem desde o início da partida com uma diferença de 32 pontos em relação aos maiatos. 

O derradeiro quarto apenas confirmou a supremacia da equipa visitante. O técnico portista aproveitou a tranquilidade do resultado para fazer uma melhor gestão do tempo de jogo dos seus atletas. Do lado do Maia Basket, que neste quarto conseguiu alcançar mais pontos, destacou-se de novo Bright Mensah a nível ofensivo, que teve mais minutos em campo e permitiu à sua equipa mais rapidez no contra-ataque e mais tentativas para diminuir a distância para o FC Porto. O norte-americano terminou a partida com 23 pontos e sete ressaltos. Já do lado “azul e branco”, brilhou Jalen Riley, o melhor marcador da partida com 24 pontos.

Com esta vitória, o FC Porto passa a ocupar o segundo lugar, ainda com um jogo em atraso, enquanto o Maia Basket segue na 13ª posição. Os “dragões” voltam a entrar em campo, no sábado, para defrontar o CP Esgueira nos quartos de final da Taça de Portugal. Os maiatos regressam ao campeonato a 3 de abril para defrontar o SC Lusitânia, sexto na tabela classificativa

Artigo da autoria de Beatriz Faria