Desporto

U.Porto conquista o ouro no regresso das Competições Universitárias

Os representantes dos estabelecimentos de Ensino Superior do Porto conseguiram um total de dez medalhas durante os Campeonatos Nacionais Universitários de Atletismo de Pista Coberta que decorreram, entre 6 e 7 de março, em Pombal. Por Francisca Santos

Três meses depois da última competição universitária, os Campeonatos Nacionais Universitários (CNU) regressaram, este fim de semana, em Pombal, onde se realizaram as provas de Atletismo de Pista Coberta. No evento participaram cerca de 200 atletas, a representar 38 estabelecimentos de Ensino Superior de todo o país. 

Logo no primeiro dia de competição, a Academia do Porto conseguiu conquistar sete das dez medalhas que acumulou ao longo dos dois dias de provas. No triplo salto feminino, Catarina Queirós e Mariana Novo, ambas atletas da Universidade do Porto (U.Porto), foram premiadas e arrecadaram a medalha de ouro e de prata, respetivamente. A atleta que subiu ao primeiro lugar estabeleceu um novo recorde nacional universitário na modalidade e fixou a sua marca nos 13.19. Já do lado masculino, Miguel Fernandes, o único atleta a representar os estabelecimentos portuenses, alcançou o quinto lugar na prova.

Também de “ouro” foi a prestação de Sofia Carneiro, estudante do Instituto Politécnico do Porto (P.Porto), que conseguiu o primeiro lugar no salto com vara. Na vertente masculina, João Araújo, estudante da U.Porto, conquistou a prata, enquanto o ouro foi para Manuel Dias, representante da Associação dos Estudantes da Faculdade de Motricidade Humana. 

Ainda antes do fecho do primeiro dia de competição, Sara Duarte, representante da Associação de Estudantes da Escola Superior de Enfermagem do Porto, somou a terceira medalha de ouro para a Academia do Porto. A atleta subiu ao primeiro lugar nos 3000 metros planos e fixou o novo recorde universitário em 09:36.56. Na prova feminina de marcha, Raquel Pimentel, da U.Porto, terminou em terceiro lugar e conquistou a medalha de bronze.

No que toca aos 60 metros planos, Pedro Silva, aluno da U.Porto, conquistou o bronze, enquanto na prova feminina, a melhor classificação foi o quarto lugar da Maria Santos, estudante do P.Porto. 

No domingo, a academia portuense voltou a estar em destaque. Catarina Queirós, que no dia anterior tinha sido medalha de ouro no triplo salto, voltou a conquistar o primeiro lugar e estabeleceu um novo  recorde nacional universitário de 60 metros barreiras, fixado na marca dos 8.49 segundos. A representante da Universidade do Porto esteve em evidência nestes CNU de Atletismo de Pista Coberta. 

Por fim, na última modalidade em que a Academia do Porto foi medalhada, as representantes portuenses, Ana Leite e Mariana Truta, ambas estudantes da U.Porto, conquistaram o ouro e o bronze, respetivamente. As duas atletas subiram ao pódio, juntamente com Inês Pires, representante da Associação Académica da Universidade da Beira Interior, na competição de salto em altura. 

O principal destaque da competição foi a Universidade do Porto que revalidou o seu título coletivo de Atletismo de Pista Coberta e conquistou oito das 10 medalhas arrecadadas pela Academia do Porto. Três de ouro, três de bronze e duas de prata compõem o medalheiro da U.Porto.

A par do primeiro lugar conquistado pela Universidade do Porto, a Universidade Nova de Lisboa ficou colocada na segunda posição e a Universidade de Aveiro completou o pódio com o terceiro lugar, a mesma classificação da edição transata.

Artigo da autoria de Francisca Santos