Desporto

Hóquei: FC Porto vence AD Sanjoanense no último jogo de 2020

Os “azuis e brancos” receberam e venceram, esta quarta-feira, a formação de São João da Madeira num jogo em atraso da 11ª jornada . 5-3 foi o resultado final.

O Futebol Clube do Porto (FC Porto) apresentou-se esta quarta-feira, no Dragão Arena, para acertar calendário com a Associação Desportiva Sanjoanense (AD Sanjoanense), num encontro alusivo à décima primeira jornada do campeonato nacional. Com objetivos distintos, “os azuis e brancos” procuravam continuar nos lugares cimeiros da tabela, enquanto os visitantes tentavam “roubar” pontos para solidificar a permanência na primeira liga.

Sanjoanense destemida frente ao campeão nacional

O encontro começou a um grande ritmo. Ambas as equipas iniciaram cedo o seu jogo e demonstraram a garra de querer vencer. Apesar do domínio dos “dragões”, foi a Sanjoanense que inaugurou o marcador. Bem descoberto pelo seu companheiro de equipa, Alex Mount fez balançar as redes da baliza “azul e branca” ainda nos primeiros cinco minutos de jogo. 

Estes primeiros minutos foram marcados também por um jogo bastante combativo, com o número de faltas a ser elevado para o número de minutos jogados. Através do stick de Gonçalo Alves, o goleador do FC Porto, a equipa da casa repôs a igualdade no marcador. 

A  AD Sanjoanense não se deixou sobrepor ao domínio dos “dragões” e obrigou Xavi Malián, guarda-redes dos “portistas”, a boas intervenções . Contudo, foi a equipa orientada por Guillem Cabestany, treinador do FC Porto, que chegou à vantagem. O recém-entrado na partida Carlo Di Benedetto carimbou o golo da reviravolta. 

A resposta da AD Sanjoanense foi quase imediata. A quatro minutos do fim da primeira parte, Tiago Almeida voltou a empatar a partida. Findos os primeiros 25 minutos, 2-2 era o resultado no marcador.

Superioridade “azul e branca”

A segunda parte sorriu para o lado dos “dragões”. A abrir o segundo tempo, Gonçalo Alves voltou a marcar e colocou de novo os “dragões” na frente do encontro. Apesar da vantagem, os ataques sucessivos dos “portistas” continuaram e culminaram no golo de Giulio Cocco aos 14 minutos, que dilatou assim a vantagem para 4-2.

No entanto, a vantagem de dois golos durou poucos segundos. Alex Mount bisou na partida e encarregou-se de fazer sonhar a equipa de São João da Madeira. O último golo surgiu nos cinco minutos finais pela equipa “azul e branca”. Carlo Di Benedetto voltou a marcar e fixou o resultado em 5-3.

Esta segunda parte ficou marcada por dois livres diretos assinalados contra o FC Porto, a castigar a décima e décima quinta falta dos “dragões”. A AD Sanjoanense não conseguiu aproveitar estas oportunidades que poderiam ter tido um maior peso no resultado final.

O próximo jogo dos “azuis e brancos” está marcado para 9 de janeiro. O Dragão Arena vai ser palco do primeiro clássico do novo ano que vai opor FC Porto e SL Benfica, terceiro e quinto classificados do campeonato, respetivamente. A AD Sanjoanense, atualmente na décima posição, regressa também ao campeonato no dia 9, com uma deslocação ao terreno do Riba D´Ave.