Desporto

Andebol: FC Porto sofre mas vence Artística de Avanca

Os “dragões” visitaram, este sábado, a Associação Artística de Avanca em jogo a contar para a 18º jornada do campeonato nacional. 29-30 foi o resultado.

Depois da vitória frente ao Boa-Hora para a Taça de Portugal, o Futebol Clube do Porto (FC Porto) regressava ao campeonato nacional, onde mantém um registo de invencibilidade. A equipa liderada por Magnus Andersson deslocou-se, esta terça-feira, até ao Pavilhão Municipal Comendador Adelino Dias Costa, casa da Associação Artística de Avanca, para disputar o encontro antecipado da 18ª jornada.

Avanca, 30 minutos a vencer

O favoritismo que recaía sobre a equipa do FC Porto pouco ou nada pressionou a Artística de Avanca. Desde cedo que a equipa de Aveiro demonstrou que o encontro iria ser bastante equilibrado. Os minutos iniciais foram marcados pela forte imposição da equipa da casa no jogo. Apesar da eficácia ofensiva, era entre os postes que se encontrava o pilar da equipa liderada por Ricardo Costa. Luís Silva foi o destaque do jogo e o maior obstáculo da equipa dos “dragões”.

Bastante moralizada, a Artística de Avanca dominou os trinta minutos iniciais sem nunca ter deixado os visitantes aproximarem-se do resultado.  Descontente com a exibição, Magnus Andersson fez entrar Daymaro Salina que conseguiu acalmar um pouco a intensidade do jogo. No entanto, o pivô português não impediu que os “azuis e brancos” fossem a perder por dois golos para o intervalo. Finda a primeira parte, 15-13 era o resultado no marcador.

Vitória nos últimos minutos

A segunda parte não trouxe grandes novidades e o domínio continuou a ser da Artística de Avanca. Os protagonistas do encontro eram também ser da equipa local, com André Sousa e Gualther Furtados a marca e Luís Costa a defender. Apesar do empate ao minuto dez por António Areia, a equipa de Aveiro rapidamente respondeu com três golos sucessivos que trouxeram de novo preocupação para a equipa dos “dragões”.

A chave do encontro acabou mesmo por estar no banco. Lançado já nos minutos finais da partida, André Gomes foi decisivo para a vitória do FC Porto. Apesar de alguns erros que quase comprometiam a vitória, a entrada do lateral dinamizou a equipa “azul e branca”. Os “azuis e brancos” chegaram pela primeira vez  à vantagem a seis minutos do fim, após um excelente golo de Diogo Silva. A partir daí, a equipa de Magnus Andersson conseguiu segurar a liderança no mercador, apesar da luta constante da equipa de Avanca.

A eficácia nos minutos finais sobrepôs-se ao domínio, durante grande parte da partida, da equipa aveirense que acabou por perder o encontro por 29-30.

Amanhã, os “dragões” vão até Vila Nova de Gaia para defrontar o Futebol Clube de Gaia, em jogo antecipado da 15ª jornada do campeonato. Já a Artística de Avanca volta a jogar, no sábado, frente ao Boa-Hora, numa partida da 14ª jornada.