Desporto

Andebol: FC Porto vence SL Benfica e continua invicto

Os “dragões” receberam, este domingo, a formação encarnada em jogo a contar para o campeonato. Os “azuis e brancos” venceram por 27-25.

Depois de nova derrota frente ao Paris Saint-Germain para a Liga dos Campeões, a equipa “azul e branca” regressou este domingo ao Campeonato Nacional. O Futebol Clube do Porto (FC Porto) defrontou, no Dragão Arena, o ainda invicto Sport Lisboa e Benfica (SL Benfica), para disputar o segundo clássico da época. O FC Porto procurava isolar-se na liderança, depois da vitória na jornada anterior contra o Sporting Clube de Portugal.

Entrada a meio gás

Em mais um jogo decisivo nas contas do título, os primeiros minutos mostraram algum nervosismo por parte da equipa da casa. Com sucessivas perdas de bolas no ataque e erros defensivos, o campeão nacional entrou apático, fruto do cansaço internacional e de uma série de jogos cruciais para o decorrer da época. O FC Porto acusou a fadiga e o SL Benfica agradeceu. A meio da primeira parte, o resultado ditava 4-7 para a equipa encarnada, com a eficácia e a boa exibição de Sergey Hernández a serem determinantes.

Depois de um desconto de tempo pedido por Magnus Andersson, a equipa “azul e branca” acordou para o jogo e chegou à vantagem pela primeira vez no jogo. Com a tensão a aumentar à medida que se aproximava o fim da primeira parte, o FC Porto manteve a liderança no marcador até ao intervalo. 15-14 era o resultado.

Detalhes definiram o jogo

Num verdadeiro ambiente de clássico, ainda que sem adeptos, a segunda parte começou eletrizante. O equilíbrio era a palavra de ordem e o resultado espelhava isso. Aos 15 minutos da segunda parte o marcador indicava 21-20.

Apesar de desperdiçar vários livres de 7 metros, o FC Porto nunca mais perdeu a liderança que ganhou a meio da primeira parte. O SL Benfica ainda ameaçou, ao reduzir a vantagem, fruto do excelente trabalho de Petar Djordjic com nove golos. Do lado “azul e branco”, Miguel Martins assumiu o papel de destaque, com seis remates bem-sucedidos. As falhas técnicas do lado encarnado e a experiência “azul e branca” acabaram por definir o rumo do jogo. 27-25 foi o resultado final.

No final do encontro, o treinador do SL Benfica, Chema Rodríguez afirmou estar “triste pelo resultado final”, mas acrescentou que ficou bastante contente pelo jogo apresentado pela sua equipa contra “um adversário que é muito forte na sua casa”. Já do lado “azul e branco”, Magnus Andersson realçou o cansaço físico e mental acusado pela sua equipa, mas afirmou estar satisfeito com o resultado. Disse, ainda, que o objetivo do FC Porto é “ganhar tudo aqui em Portugal e para isso temos de ganhar todos os jogos”.

Na próxima jornada, o FC Porto visita a casa do Águas Santas, enquanto o SL Benfica recebe o SC Horta no Pavilhão da Luz. O jogo da Liga dos Campeões com o RK Vardar foi adiado e já não se vai disputar na quinta-feira.