Desporto

Andebol: FC Porto vence com distinção a Sanjoanense e continua líder

Os “dragões” receberam e venceram, este domingo, a formação de São João da Madeira em jogo a contar para o Campeonato Nacional. A partida terminou com um parcial de 48-22.

Depois da vitória frente ao Pick Szeged na Liga dos Campeões, o Campeonato Nacional regressou ao Dragão Arena. O Futebol Clube do Porto (FC Porto) recebeu a recém-promovida Associação Desportiva Sanjoanense em partida a contar para a 7º jornada da competição. Os “azuis e brancos” procuravam somar os três pontos para se manterem na liderança do campeonato a par do Benfica e do Sporting, enquanto que a Sanjoanense procurava a primeira vitória.

FC Porto treme mas não cede

Os primeiros minutos da partida revelaram-se bastantes equilibrados. Embora tenham sido os “azuis e brancos” a abrir o marcador, a Sanjoanense cedo demonstrou que queria sair do Dragão Arena com pontos. A equipa de São João da Madeira, ainda que só por um golo, esteve em vantagem por quatro vezes na primeira parte do encontro muito devido à eficácia ofensiva do lateral brasileiro Vinícius Carvalho.

Com doze minutos jogados e algumas dificuldades defensivas, Magnus Anderson apostou em Miguel Martins e André Gomes para virar o resultado. Após as alterações do treinador portista, a equipa “azul e branca” logo se distanciou no marcador. A eficácia ofensiva e defensiva foi determinante para que o FC Porto fosse para o intervalo a vencer por 26-13.

Domínio avassalador

A entrada avassaladora dos “dragões” na segunda parte fez a Sanjoanense deixar de sonhar. Em apenas 6 minutos, o FC Porto marcou 6 golos sem qualquer resposta por parte da equipa adversária. Os primeiros minutos foram também marcados pela lesão de Lourenço Santos, jogador da AD Sanjoanense.

O FC Porto dominou o restante tempo sem dar qualquer tipo de oportunidade aos visitantes de se aproximarem no marcador. As defesas de Alfredo Quintana e a linha defensiva do FC Porto encarregaram-se de travar os ataques da equipa de São João da Madeira.

Com 26 golos de diferença, o encontro terminou com um resultado de 48-22. António Areia foi o melhor marcador do encontro com 9 golos marcados.

No final do encontro, Magnus Anderson revelou-se satisfeito com o rendimento dos jogadores, mas afirma que os primeiros dez minutos da partida foram menos positivos. António Areia afirmou que os “dragões” se conseguiram superiorizar ao adversário, mas salientou, tal como o treinador dos “azuis e brancos”, o mau início da equipa que acabou por sentir algumas dificuldades impostas pela equipa da Sanjoanense.

Já do lado da Sanjoanense, Nuno Silva, treinador da equipa de São João da Madeira, revelou não ter gostado da exibição da equipa uma vez que “aquilo que aconteceu no jogo não espelha aquilo que treinamos durante a semana”.

Quinta-feira, o FC Porto viaja até à Macedónia para defrontar o RK Vardar em jogo a contar para a Liga dos Campeões. O Campeonato Nacional regressa com os “dragões” deslocarem-se a Setúbal para defrontar o Vitória FC. Já a equipa da Sanjoanense vai receber o Sporting Clube da Horta.