Desporto

Andebol: FC Porto vence Artística de Avanca e continua líder

Os “azuis e brancos” venceram, no sábado, a equipa do Avanca por 34-27 na terceira jornada do Campeonato Nacional.

Depois de uma bela exibição contra o Meshkov Brest a contar para a Liga dos Campeões, o Futebol Clube do Porto (FC Porto) recebeu o Artística de Avanca, décimo primeiro classificado do campeonato anterior. Os “dragões” procuravam a terceira vitória em três partidas, enquanto os visitantes tentavam regressar aos bons resultados depois da derrota na jornada anterior.

Início equilibrado

Com o favoritismo do lado do FC Porto, o Avanca não se mostrou um adversário fácil numa primeira parte pautada pelo equilíbrio e com uma boa exibição de ambos os guarda-redes, Quintana do lado “azul e branco” e Luís Silva do lado da equipa de Estarreja. Aos quinze minutos da primeira parte, o jogo estava 8-6 a favor dos “dragões”, com guarda-redes visitante em evidência, a travar várias tentativas de golo.

Apesar de um equilíbrio inicial, a equipa comandada por Magnus Andersson, corrigiu algumas debilidades defensivas e fugiu no marcador, em parte fruto da boa exibição e dos quatro golos de António Areia na primeira parte. Ao intervalo, o resultado era de 17-14.

Segunda parte avassaladora

Com uma vantagem de três golos no arranque da segunda parte, os “dragões” distanciaram-se cedo no marcador, conseguindo uma vantagem de cinco golos nos cinco primeiros minutos. António Areia acabou por ser o principal destaque, ao terminar como melhor marcador da partida, com seis golos. Além de Areia, Diogo Rêma de apenas 16 anos e número 33 do Porto, também contribuiu para manter a vantagem dilatada com inúmeras defesas.

Sem muito esforço, a partida tornou-se num jogo de um sentido apenas, com o Porto a dominar por completo a segunda parte devido ao seu poderio ofensivo e à incapacidade do Avanca de fazer frente ao campeão nacional. Magnus Andersson aproveitou para fazer uma rotação de jogadores, fruto do cansaço acumulado na quarta-feira e jogadores como Martim Costa e Tiago Sousa acabaram por somar minutos importantes para o seu desenvolvimento. 34-27 foi o resultado final.

No final da partida, Magnus Andersson realçou a dificuldade depois de um jogo para a Liga dos Campeões, mas considerou que há espaço a melhorar. Acrescentou, também, que a equipa devia ter “acabado com o jogo mais cedo” e criticou a falta de concentração.

Por sua vez, o treinador do Avanca, Ricardo Costa, deu os parabéns à formação “azul e branca” que foi “melhor que o Avanca” e afirmou que a equipa fez uma primeira parte muito competente, algo que mostra que a equipa tem vindo a crescer jogo após jogo.

Na quarta-feira, o FC Porto viaja até à Alemanha para defrontar o Flensburg-Handewitt, para a Liga dos Campeões. Já no fim de semana, os “dragões” deslocam-se até ao terreno do Póvoa Andebol Clube, enquanto o Avanca joga contra o Sporting Clube de Horta, em partidas a contar para a quarta jornada do campeonato.