Desporto

BASQUETEBOL: FC PORTO VENCE GALITOS BARREIRO

O Futebol Clube do Porto recebeu quarta-feira a equipa dos Galitos Barreiro em jogo em atraso da ronda 7 do Campeonato da LPB Placard. Os “azuis e brancos” venceram a partida por 97-88.

Esta quarta-feira decorreu no Dragão Caixa o duelo entre o quinto classificado do Campeonato da LPB Placard, o Futebol Clube do Porto (FCP) e o nono, os Galitos Futebol Clube (GFC). O FC Porto entrou em campo com a necessidade de vencer para subir na tabela, pois antes desta jornada encontrava-se na sétima posição, fora dos lugares para a segunda fase da disputa do Campeonato.

O FCP entrou por cima no jogo, a atacar bem e a defender ainda melhor, contra uma equipa do Galitos Barreiro que parecia claramente desinspirada. A primeira pausa no jogo fez bem à equipa do Barreiro, que foi para intervalo a perder apenas por 50-44, depois de um segundo período em que foram superiores ao FCP, com o um parcial de 17-24.

Ao intervalo destacavam-se os 33 ressaltos ganhos por parte do Porto, numa primeira parte em que ambas as equipas falharam bastante. Prova disso era que nenhum dos conjuntos apresentava uma eficácia acima dos 50%.

Na segunda parte do jogo, esperava-se que o Galitos fosse atrás do resultado, mas os “dragões” não deram hipóteses, numa segunda parte que foi marcada pelas oscilações do marcador. Como já se tinha constatado na primeira parte, ambas as equipas não foram eficazes a atacar. O jogo acabou com uma vitória do FC Porto por 97-88.

Pelo FCP destacaram-se os seus postes, Boris Barac, com 21 pontos e 11 ressaltos e Sasa Borovnjak com 20 pontos e 12 ressaltos. Toni Prostran também se destacou com 11 pontos e 11 assistências.

Pelo GFC, o melhor jogador em campo foi o número 0, Malcom Walters, com 21 pontos, 3 ressaltos e 5 assistências, também Evan Maxwell se destacou com 19 pontos.

No final da partida foi evidente o poderio físico do FCP em relação aos Galitos, tendo os “dragões” ganho 54 ressaltos contra os 20 da equipa visitante.

Daniel Brandão, treinador do Galitos Barreiro, destacou que a sua equipa tinha tido um “dia complicado” e que na primeira parte perdeu demasiados ressaltos ofensivos. Salientou também que a sua equipa jogou com “alegria, o que também é muito importante” e que esta tem vindo a crescer e a criar uma identidade ao longo do campeonato.

Moncho Lopez, treinador dos “azuis e brancos”, salientou que o FCP “ainda não está bem” e que “a equipa não tem uma boa atitude defensiva quando está a vencer” destacando os segundos períodos de ambas as partes, reconhecendo “grande qualidade” por parte do GFC. O treinador do FCP identificou as “limitações físicas” como um dos grandes condicionantes da sua equipa.

O FCP joga já amanhã na Madeira contra o CAB Madeira, onde necessita de ganhar para se classificar para a Taça Hugo dos Santos. Já os Galitos Barreiro, jogam fora, também no sábado, contra o Esgueira. Os “dragões” ficam assim na quinta posição, a quatro pontos do primeiro classificado, o Benfica.