Desporto

BASQUETEBOL: FC PORTO REGRESSA ÀS VITÓRIAS

O Futebol Clube do Porto regressou às vitórias ao vencer o Illiabum Clube por 97-68, no oitavo jogo da Liga Portuguesa de Basquetebol.

O Futebol Clube do Porto (FCP) venceu este sábado o Illiabum Clube por 97-68, em jogo a contar para a oitava jornada da Liga Portuguesa de Basquetebol (LPB). O jogo era de extrema importância para a equipa, pois esta já não vencia há cinco jogos.

O FC Porto esteve sempre superior ao adversário. Ao aproveitar a vantagem física e a infelicidade da lesão de Michael Murray, os “dragões” atacaram muito pelo garrafão e conseguiram, assim, distanciar-se no marcador. Ao intervalo o Porto vencia por 47-34.

Era de destacar o total de 31 ressaltos ganhos pela equipa da casa e ainda os 18 pontos combinados entre os dois postes, Boris Barac e Sasa Borovnjak. Estes números eram a prova da diferença física entre as duas equipas. Por sua vez, o Illiabum procurou sempre a meia ou longa distância, mas mediante o número de oportunidades que teve não concretizou o suficiente. Marcaram apenas três triplos em 11 tentativas (27%).

Na segunda metade do jogo o FC Porto cimentou a superioridade. O Illiabum conseguiu algumas jogadas com qualidade, partindo da força de Staphon Blair (16 pontos) e da criatividade e eficácia de Patrick McGlynn, que com 26 pontos foi o jogador que mais marcou da equipa visitante. Para o FC Porto, foi uma questão de manter a qualidade ofensiva e o rigor defensivo. Borovnjak marcou 10 pontos só no quarto período e foi o melhor marcador da equipa. Por sua vez, Boris Barac foi o melhor jogador em campo, ao marcar 18 pontos e ganhar 13 ressaltos. No fim do jogo o marcador ditava uns largos 97-68 a favor da equipa da casa.

No final da partida o técnico do Illiabum, João Figueiredo, disse aos jornalistas que “Queríamos aproveitar a instabilidade do FC Porto, e conseguimos fazê-lo até aos últimos cinco minutos da primeira parte. A partir daí foi onde se notaram as diferenças físicas.”

Por sua vez Moncho Lopez, treinador do FC Porto, destacou a lesão de Michael Murray como um fator decisivo para o Illiabum porque “a equipa perde muito potencial”. O espanhol afirmou que “Era importante vencer por questões de classificação. Estas derrotas fizeram mossa, mas servem para encarar o próximo jogo com foco de trabalho. Quando se está no FC Porto é sempre importante vencer seja quando e onde for.”

Com este resultado o Futebol Clube do Porto quebra com a série de cinco jogos sem vencer, e sobe ao oitavo lugar da tabela da LPB com 10 pontos. Após a paragem para as seleções, os “azuis e brancos” enfrentam o Esgueira Basket. Já os ilhavenses descem para o décimo lugar, também com 10 pontos e enfrentam a União Desportiva Oliveirense no próximo jogo.