Desporto

BASQUETEBOL: “DRAGÕES” VENCEM CAB MADEIRA SEM PERCALÇOS

O Futebol Clube do Porto venceu o CAB Madeira por 96 - 78, em jogo a contar para a 9ª ronda da 2ª fase da época regular do Campeonato LPB Placard.

O Futebo Clube do Porto (FCP) apresentou-se no Dragão Caixa sem hipóteses de largar o terceiro lugar da tabela. A intenção passava por uma boa exibição, que culminasse em vitória. O CAB Madeira tinha o objetivo de solidificar o quarto lugar, que está a disputar com o Vitória de Guimarães.

O jogo começou com alguns ataques de parte a parte, mas sem causar perigo. Só aos dois minutos do primeiro período é que o marcador foi inaugurado, com Mário Fernandes a encestar pelo CAB. Os “dragões” responderam pouco depois e o jogo esteve bastante equilibrado ao longo da primeira parte.  Nesta altura, William Sheenhey destacou-se pelo Porto e Frederick Gentry pelos madeirenses. O primeiro período terminou com o marcador nos 28-27, com apenas um ponto a colocar a equipa da casa na frente.

O segundo período trouxe outra história. Logo no primeiro minuto, o Porto conseguiu seis pontos sem resposta por parte do CAB. A equipa madeirense tentou reagir e, mais uma vez, Frederick Gentry foi o principal impulsionador da equipa. Porém, do lado “azul e branco”, William Sheehey continuava em forma e a ele juntou-se Sasa Borovnjak. O sérvio teve inclusivé 100% de eficácia neste segundo período da partida. A certa altura, os “dragões” marcaram 11 pontos sem resposta, algo que influenciou muito o resto da partida. O jogo foi para intervalo quando o marcador indicava 54-43, o que espelhava a liderança confortável do Porto.

Domínio constante do FC Porto

As equipas regressaram dos balneários e acusaram alguma falta de intensidade. Mesmo assim, os da casa foram sempre superiores aos seus adversários. Miguel Queiroz, Vladyslav Voytso e Marcus Gilbert marcaram os principais pontos dos “dragões”. Do lado do CAB, este foi claramente o pior momento da equipa na partida. Destaque pela negativa para Fábio Lima, que falhou seis triplos em sete tentativas. O Porto aproveitou para aumentar ainda mais a vantagem e terminou o terceiro período com o marcador nos 72-57.

No período final, a equipa madeirense teve um ligeiro aumento de rendimento. Khalen Cumberlander conseguiu fazer nove pontos para os madeirenses e Tommie Eddie também se destacou pela positiva. No lado dos “azuis e brancos”, Sasa Borovnjak continuou a demonstrar-se em plena forma. O Porto reforçou o controlo que tinha sobre o jogo e ampliou a vantagem do marcador para 18 pontos de diferença. O jogo terminou, assim, com um resultado final de 96-78. De realçar que William Hanley encerrou a partida com uma eficácia de 100%.

No final do jogo, João Silva, treinador do CAB Madeira, considerou que a equipa “está focada” no objetivo do quarto lugar. Sobre a derrota, considera uma consequência “de a equipa não ter tido um único treino” durante a semana de preparação para a partida frente ao FC Porto.

Já Moncho López, treinador dos “dragões”, falou de um jogo que não foi fácil, mas afirmou que a equipa”esteve bem na sua generalidade”. Em jeito de balanço, o técnico “azul e branco” afirmou que o terceiro lugar é “lógico”, muito por causa das derrotas do início da época.

As duas equipas voltam a competir no sábado, com jogos a contar para a 10ª ronda do Campeonato LPB Placard. O FC Porto recebe o Vitória de Guimarães, enquanto o CAB Madeira vai jogar ao terreno do SL Benfica.