Desporto

ANDEBOL: FC PORTO SOFRE DERROTA SURPREENDENTE FRENTE À AA AVANCA

O Futebol Clube do Porto recebeu no sábado a Associação Atlética de Avanca, em jogo a contar para a sexta ronda da fase final do Campeonato Nacional de Andebol 1. O jogo acabou com uma vitória da equipa de Aveiro por 31-35.

Este sábado, decorreu no Dragão Caixa o duelo entre o terceiro classificado do Campeonato Nacional de Andebol 1, o Futebol Clube do Porto (FCP) e o quinto, a Associação Atlética de Avanca (AAA).

Depois de umas horas mais cedo o Sporting ter quase carimbado o seu bi-campeonato, o FCP entrou em campo com a obrigação de ganhar para ainda poder lutar pela segunda posição da tabela, pertencente ao Sport Lisboa e Benfica.

Durante toda a primeira parte foi visível o domínio da AA Avanca, que desde o primeiro golo esteve em vantagem perante o FCP. A equipa do Futebol Clube do Porto entrou mal no jogo e em toda a primeira parte não conseguiu disputar o resultado. Isto deveu-se em parte à excelente exibição do guarda-redes da Associação Atlética de Avanca, Luís Silva. A falta de eficiência do FCP contrastava com a grande qualidade de jogo demonstrada pela AAA, tendo as equipas ido para intervalo com o Porto a perder por 9-21.

Após o intervalo, viu-se uma equipa do Futebol Clube do Porto muito diferente, ao marcar quatro golos sem resposta por parte do Avanca. O aumento do rendimento dos jogadores do FCP, particularmente de Rui Silva, Miguel Martins e Victor Iturriza, deu um novo fôlego à partida.

A segunda parte foi marcada por várias decisões contestáveis por parte da equipa de arbitragem, que terminaram com a expulsão do pavilhão de alguns dos adeptos mais exaltados. Foram várias as exclusões de dois minutos, sendo que, em certas ocasiões, tanto o FCP como a AAA tiveram de jogar com menos dois jogadores.

Apesar de todos os incidentes que ocorreram na segunda parte, o FCP esteve por cima nos últimos 30 minutos e recuperou grande parte da diferença de golos entre ambas as equipas. A dois minutos do fim da partida, o resultado mostrava-se nos 30-34 e a AA Avanca jogava com menos um jogador. Apesar disso, o Futebol Clube do Porto não soube aproveitar a oportunidade para dar a cambalhota no marcador e acabou por perder o jogo por 31-35.

Marco Sousa, treinador do AA Avanca que substituiu Carlos Martingo aquando a sua saída para o FCP, defendeu que foi uma “vitória inteiramente justa” para uma equipa que, principalmente na primeira parte, “roçou a perfeição”. Já Carlos Martingo, treinador do Futebol Clube do Porto, classificou a exibição da sua equipa na primeira parte como “má” e que faltou “atitude” à equipa na primeira meia-hora de jogo.

O Porto fica assim a dez pontos do primeiro classificado, o rival Sporting CP. Na próxima ronda, os “dragões” recebem o Madeira Andebol SAD. Já a AA Avanca joga em casa contra o ABC de Braga.