ANDEBOL: FC PORTO SUOU PARA VENCER O ISMAI – Jornal Universitário do Porto
Desporto

ANDEBOL: FC PORTO SUOU PARA VENCER O ISMAI

O Futebol Clube do Porto venceu o ADA Maia/ISMAI por 25 - 24, em jogo do Campeonato Nacional Andebol 1.

O Futebol Clube do Porto (FCP) entrava na 20ª jornada do Campeonato Nacional Andebol 1, depois de uma vitória folgada sobre a AA São Mamede, para a Taça de Portugal. Já o ADA Maia/ISMAI (AMI) vinha de duas derrotas frente ao Madeira SAD e ao ABC.

A partida começou muito renhida, com vantagens de apenas um golo. Com o ISMAI a defender bem, o FC Porto não se conseguia descolar no resultado. Manuel Borges e Hugo Laurentino foram os melhores jogadores desta fase da partida.

Só ao minuto 20 é que o FC Porto conseguiu uma vantagem de três golos, através de António Areia, que fez o 9 – 6. No entanto, essa vantagem durou pouco, até que, nos últimos segundos da primeira parte, Carlos Santos voltou a virar a partida e levou o jogo para intervalo em 10 – 11.

A segunda parte começou como foi quase toda a primeira. Nenhuma das equipas se conseguiu destacar no marcador e tanto o FC Porto como o ISMAI alternavam a liderança no marcador.

No FC Porto, Miguel Martins e Rui Silva tentavam balancear a equipa para a frente, mas sem grandes resultados, porque continuavam a ser os guarda-redes quem se destacava na partida.

O jogo continuou renhido até ao final, com o FC Porto a comandar o marcador durante a maior parte do tempo.

A dois minutos do fim, António Ventura marcou o empate a 24, mas, já dentro do último minuto, Rui Silva tornou-se no herói da partida, ao fazer o 25 – 24 com que o jogo terminou.

António Ventura foi o melhor marcador da partida, com 13 golos, mas Rui Silva foi o jogador mais importante, com sete golos em sete tentativas e com o golo da vitória.

Os “dragões” sobem assim ao primeiro lugar, enquanto o ISMAI fica no décimo lugar do Campeonato Nacional Andebol 1. O Futebol Clube do Porto vai ao terreno do Arsenal da Devesa, na próxima jornada. Já a equipa maiata recebe o São Bernardo.