Desporto

ANDEBOL: “DRAGÕES” AVANÇAM NA TAÇA DE PORTUGAL

O FC Porto venceu o AA São Mamede por 44-21, em jogo a contar para os oitavos de final da Taça de Portugal de Andebol.

O Futebol Clube do Porto (FCP) recebeu o Associação Académica São Mamede (AASM), da 2ª divisão do Campeonato Nacional de Andebol.  Os “dragões” vinham de uma vitória nesta competição, enquanto os visitantes já tinham eliminado duas equipas.

O início da partida foi marcado por uma entrada em falso do São Mamede, que aos 5 minutos perdia por 6-1. O FCP não perdoava os vários erros defensivos do adversário e demonstrava uma grande eficácia ofensiva.

O domínio portista prolongou-se por toda a primeira parte, onde a narrativa foi quase sempre a mesma: O São Mamede não era eficaz e os “dragões” respondiam com contra-ataques rápidos.

Destaque para a exibição de Diogo Branquinho por parte do FC Porto, que foi o protagonista dos vários lances de ataque rápido da equipa. Apesar de só ter jogado na primeira parte, o jogador foi o melhor marcador do jogo, com 9 golos.

A partida chegava ao intervalo com 26-7 no marcador. O domínio portista era claro, com todos os golos dos “dragões” a serem marcados nos primeiros 26 minutos do encontro.

Menor intensidade na segunda parte

As equipas regressaram dos balneários com atitudes diferentes. Enquanto o FC Porto apresentava uma redução de intensidade do jogo, o São Mamede surgiu com vontade de dar uma melhor imagem. 5 golos em 5 minutos deram algum alento à equipa visitante.

Durante a da segunda parte, a equipa da casa continuou a faturar, mas sem a mesma eficácia da primeira parte. A quebra de rendimento permitiu ao São Mamede reduzir a desvantagem. Gustavo Almeida foi o principal protagonista no melhor período do conjunto.

Destaque para a utilização de Francisco Grande na baliza dos visitantes, que no ano anterior jogava na equipa juvenil. O jovem Reginaldo Modenês também esteve em alta ao assinalar um dos tentos mais bonitos da partida, depois de desviar uma bola aérea no ar para dentro da baliza dos “azuis e brancos”.

Regresso feliz

Do lado portista, o momento mais alto da noite foi a estreia de André Gomes. O lateral esquerdo tinha-se lesionado ao serviço da seleção em agosto, o que impediu a estreia pelos “dragões” até agora. Jogou os últimos 8 minutos e ainda apontou um golo, através de um remate forte.

Nos últimos 5 minutos, o FC Porto impôs-se de forma mais acentuada na partida, com Aleksander Spende a marcar 4 golos neste período da partida. Um último tento de José Carillo, por parte dos “dragões”, a segundos do fim, deixava o marcador final em 44-21 e confirmava a passagem da equipa da casa aos quartos de final da competição.

Depois da partida, o treinador do São Mamede, Bruno Freitas, disse que o principal objetivo “era disfrutar da um jogo contra atletas da qualidade do Porto”. Em declarações ao JUP, o técnico reforçou que era “importantíssimo apostar em jovens” para construir um equipa sénior com base na formação. Do lado do FC Porto, o treinador Lars Walther mostrou-se indisponível para prestar qualquer tipo de declarações à comunicação social.

O FC Porto regressa à competição na próxima quarta-feira contra o Associação Desportiva Académica da Maia em jogo a contar para o Campeonato Nacional de Andebol. Já o São Mamede recebe o Boavista na próxima sexta-feira, em jogo da 2ª Divisão do Campeonato Nacional.