Desporto

SPORT BUSINESS TALKS 2017: APRENDER A ARRISCAR

Conferência organizada pela SportUnity reuniu um conjunto de personalidades de sucesso na área do empreendedorismo desportivo. O evento decorreu na Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, na passada quarta-feira, e contou com a presença de vários jovens.

No passado dia 15 de novembro, a Faculdade de Desporto da Universidade do Porto (FADEUP) acolheu o evento “Sport Business Talks 2017”. Organizada pela SportUnity, uma equipa de estudantes universitários que apostam no empreendoderismo desportivo, a conferência contou com palestras de personalidades de sucesso, que aconselharam os jovens quanto ao caminho a seguir no futuro.

O primeiro convidado foi Hugo Belchior, CEO da BWIZER, uma empresa que, segundo o próprio, se dedica a “ajudar os clientes a evoluir enquanto profissionais, através de formações que os ajudam a ser bem-sucedidos”. Durante a sua intervenção, reforçou “a paciência, a competência e o fator humano” como elementos necessários para ser “ um empresário de sucesso”.

Em declarações ao JUP, Hugo Belchior afirmou que este tipo de eventos “valem a pena, pois ajudam as pessoas”. Segundo o convidado da SportUnity, a importância deste tipo de conferências está espelhada na adesão que esta teve e que, como tal, “foi uma iniciativa meritória”. O CEO da BWIZER alertou ainda para uma “grande iliteracia financeira transversal à sociedade portuguesa” e destacou a importância de as pessoas “aprenderem a gerir as suas finanças pessoais e a fazerem um planeamento financeiro”.

Foto: Sportunity
Foto: SportUnity

De seguida, decorreu uma palestra protagonizada por Tarantini, capitão da equipa de futebol do Rio Ave. O atleta aproveitou o reconhecimento que está associado ao seu nome, bem como a sua carreira, e alertou os jovens para estatísticas que revelam que vários atletas ficam na falência após a sua reforma. Tarantini afirmou que “na NFL, cerca de 80% dos jogadores reformados ficam falidos após três anos”. Segundo ele, na Premier League, “dois em cada cinco ex-jogadores têm dificuldades financeiras dentro de um período de cinco anos”.

Em declarações ao JUP, Tarantini salientou o facto de estas conferências permitirem que se fale sobre “aquilo que realmente acontece”. Questionado sobre uma possível pressão dos meios de comunicação social nas escolhas dos jovens atletas, o capitão do Rio Ave afirmou que “a comunicação social divulga informação que é difícil de gerir”, mas que “cabe às pessoas refletir, já que é a vida delas que está em causa”.

Alexandra Costa, estudante da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação (FCNAUP), participou no evento enquanto staff.  Em declarações ao JUP, a jovem de 20 anos afirmou que “o principal objetivo da conferência passou por estabelecer a ponte entre a vida académica e o mundo empresarial”. Segundo ela, este evento representa “uma oportunidade muito boa para crescer enquanto equipa e também para dar oportunidade aos objetivos de cada um”.

Já Lara Lopes, estudante de Ciências da Comunicação na Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP), foi a apresentadora do evento e falou ao JUP sobre a sua experiência: “estes eventos desportivos são muito importantes para que os jovens percebam as dinâmicas do mercado trabalho. E é isso que ao longo do dia temos vindo a aprender”. A estudante acrescentou ainda que “os jovens podem ter várias inseguranças”, mas que esses sentimentos devem ser colmatados com mensagens de motivação e coragem: “querer fazer mais, arriscar, não ter medo e fazer a diferença”.

Foto: Sportunity
Foto: SportUnity

Seguidamente, o evento retomou com uma palestra de Pedro Diogo Castro, Project Manager da BoxPT, que abordou o crescimento do crossfit nos últimos anos em Portugal. Ao JUP, revelou a sua opinião acerca do evento: “acho que esta iniciativa da SportUnity é louvável, pois permite criar um grupo de pessoas interessadas em expressar as suas ideias”. Pedro Diogo Castro reforçou também a importância de os jovens terem “um suporte que lhes permita pôr em prática a realização de alguns sonhos”.

Em tom de conclusão, Ricardo Mendoza apresentou em palco uma conversa recheada de energia. O CEO da PuraEnergia falou sobre a mentalidade necessária para alcançar “resultados máximos” e destacou a importância de “darmos o melhor que temos nas pequenas coisas”. Ao JUP, revelou a sua admiração pela empresa organizadora do evento e terminou com um compromisso: “vou sair daqui e continuar a fazer mais e melhor, das pequenas coisas que faço até às maiores”.

Foto: Sportunity
Foto: SportUnity

Terminado o evento, o JUP esteve à conversa com Gabriel Amarante, Project Manager do “Sports Business Talks 2017”. “Conseguimos reunir um excelente grupo de oradores e ter mais de duzentos espectadores no evento, pelo que atingimos o nosso objetivo”, afirmou.

Por último,  João Queiroga, presidente da SportUnity, falou sobre o início do projeto: “a SportUnity nasceu de uma veia empreendedora da malta do desporto, em 2016, e sempre ambicionámos ser uma referência neste mundo do ensino superior, no que diz respeito ao empreendedorismo na área do desporto”. Sobre a conferência, João Queiroga confessou que o objetivo passou por “pegar em casos de sucesso, para que os estudantes começassem a acreditar que cada um deles também pode construir uma carreira com sucesso no futuro”.

Em jeito de conclusão, o presidente da empresa organizadora do evento deixou uma mensagem sobre a importância do espírito empreendedor: “a Universidade do Porto está a precisar disto, a Academia do Porto está a precisar disto e Portugal também está a precisar disto”.