Desporto

HÓQUEI: CHUVA DE ESTRELAS EM HOMENAGEM A CÉSAR FIDALGO

O Pavilhão Municipal de Valongo recebeu, no último domingo, o All-Star do Torneio de Verão César Fidalgo. A partida juntou figuras do hóquei em patins e foi uma homenagem ao jovem atleta César Fidalgo, vítima de um acidente de viação em 2009.

A constituição das duas equipas que alinharam no ringue do pavilhão de Valongo esteve a cargo dos seguidores das redes sociais do torneio. A votação feita ditou que os jogadores iam estar distribuídos da seguinte forma:

Equipa laranja – Orientada por Tó Neves (UD Oliveirense) e Miguel Viterbo (AD Valongo)

João Souto (UD Oliveirense), Pedro Gil (Sporting CP), Pedro Henriques (SL Benfica), Vítor Hugo (Sporting CP), Miguel Rocha (SL Benfica), Nuno Araújo (UD Oliveirense), Ricardo Barreiros (UD Oliveirense), João Almeida (AD Valongo), Henrique Magalhães (Sporting CP), Rafa (FC Porto) e Renata Balonas (CH Carvalhos)

 

Equipa azul – Orientada por Paulo Freitas (Sporting CP) e Paulo Pereira (OC Barcelos)

Telmo Pinto (FC Porto), Reinaldo Ventura (Viareggio), Leonardo Pais (AD Valongo), Edo Bosch (ex-AJ Viana), Caio (Sporting CP), Poka (AD Valongo), Alvarinho (FC Porto), Pedro Moreira (UD Oliveirense), Tó Silva (AJ Viana), Gonçalo Alves (FC Porto), Hélder Nunes (FC Porto) e Marlene Sousa (SL Benfica)

 

Feitas as equipas, os jogadores foram introduzidos no início do encontro com uma camisola a apresentar o número nove, que era de César Fidalgo quando jogou com camisola do FC Porto e com a da seleção nacional.

O primeiro golo da partida surgiu ao minuto dois e foi da autoria do internacional espanhol Pedro Gil.

O empate no marcador foi restabelecido à passagem do minuto quatro, quando Marlene Sousa enviou a bola para o fundo da baliza, pelo meio das pernas de Pedro Henriques.

A equipa laranja voltou à liderança ao minuto nove com um golo de João Souto. No mesmo minuto, Rafa bateu Edo Bosch e aumentou a vantagem no marcador para 3 -1. Depois de ter marcado, Rafa abraçou o ex-capitão do FC Porto, que foi substituído por Leonardo Pais.

Alvarinho, reforço dos azuis e brancos para a nova época, reduziu a desvantagem da equipa azul para 3 -2. A menos de cinco minutos do final da partida, a terceira falta da equipa de Telmo Pinto concedeu um livre direto que João Souto não conseguiu converter.

No primeiro minuto da etapa complementar, Henrique Magalhães, reforço do Sporting CP, fez o 4 -2 para a equipa laranja.

No minuto seguinte, Alvarinho não conseguiu converter o livre direto de que dispôs. Pedro Henriques levantou-se na baliza para negar o golo ao jovem portista.

Poka, a nova contratação da AD Valongo, marcou dois golos em dois minutos e estabeleceu o empate a quatro no marcador.

Só ao minuto 14 é que a equipa laranja voltou à liderança, numa jogada de contra-ataque que Vítor Hugo finalizou após assistência de Pedro Gil.

A dez minutos do final do encontro, houve lugar para mais um livre direto. Leonardo Pais impediu que Pedro Gil marcasse. O guarda redes voltou a dar lugar a Edo Bosch na baliza do conjunto azul.

Ricardo Barreiros e Nuno Araújo marcaram uma vez cada um e levaram a equipa laranja a uma vantagem de 7 – 4 no marcador.

Hélder Nunes reduziu a desvantagem da equipa azul para 7 – 5.

A dois minutos do final, Edo Bosch foi novamente substituído e o jogo esteve interrompido durante breves momentos para que os vários jogadores prestassem homenagem ao guarda-redes.O público aplaudiu de pé o ex-capitão portista que terminou a carreira no final desta época. “Tive a sorte de ter várias despedidas. Esta foi emocionante”, confessou ao JUP.

Já nos instantes finais da partida, todos os jogadores entraram na pista e, já com mais que uma bola em jogo, Pedro Gil estabeleceu o 8 – 4 final. A equipa laranja festejou a vitória em tom de brincadeira, à semelhança do ambiente que se sentiu durante todo o jogo.

No final, as estrelas do hóquei em patins deram autógrafos e tiraram fotografias com os vários adeptos que se deslocaram ao pavilhão de Valongo.