Desporto

PORTO É ANFITRIÃO DO EUROPEU UNIVERSITÁRIO DE FUTEBOL

A Biblioteca Municipal Almeida Garrett assistiu, ontem, à apresentação oficial do 12.º Campeonato da Europa de Futebol Universitário. O Porto dá as boas-vindas à competição que vai decorrer de 23 a 30 de julho.

14 países, 12 equipas femininas, 16 equipas masculinas, 500 participantes e 150 voluntários. Os números são previstos pela Federação Académica do Porto (FAP) e pela Federação Académica do Desporto Universitário (FADU) e mostram a dimensão que o evento vai ter na Invicta. O Estádio do Inatel, em Ramalde; o Complexo Desportivo de Custóias; o Complexo Desportivo de Leça da Palmeira; o Estádio Rei Ramiro e o Estádio Municipal de Gaia, na Lavandeira, vão ser os palcos dos encontros do europeu.

Ana Luísa Pereira, presidente da FAP, vê a 12.ª edição do campeonato como uma montra da “diversidade cultural na cidade que, nos últimos anos, tem sido palco de campeonatos universitários internacionais, colocando-a nas objetivas das atenções europeias e mundiais”. Ao JUP, a dirigente explicou que a participação de atletas de 14 países é “extremamente importante para a dinamização do Porto e para os estudantes poderem contactar com outros estudantes de culturas diferentes”. “Esperamos sobretudo estar à altura das expectativas”, assume Ana Luísa Pereira. “Estou plenamente confiante na nossa capacidade de organização, no trabalho de todos os voluntários e da comissão executiva. Será um grande evento e espero que seja também importante para os estudantes que vêm de outros países”, conclui.

Daniel Monteiro, presidente da FADU, acredita que o Campeonato da Europa Universitário de Futebol e as parcerias que sustenta “farão do nosso país e da cidade do Porto, durante uma semana, o centro do desporto europeu universitário”.

Para Tiago Maia, vereador da Câmara de Matosinhos, não há dúvidas de que “o Europeu será um momento de convívio, de competição entre as várias seleções e os vários participantes e será, também, um momento de festa no Porto”. Na mesma medida, o diretor regional do Norte do Instituto Português do Desporto e Juventude, Vítor Dias, diz estar “certo de que vai ser um sucesso.”

O pontapé de saída é a 23 de julho e em jogo vai estar a campeã europeia da modalidade, a Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM), que conquistou o título nos EUSA Games 2016, em Zagreb-Rijeka, na Croácia.

O Campeonato da Europa de Futebol Universitário conta com o apoio institucional da Câmara do Porto, Matosinhos e Vila Nova de Gaia. A parceria institucional pertence à Federação Portuguesa de Futebol (FPF).