Desporto

HÓQUEI: PORTUGAL FALHA O TÍTULO

A seleção da Argentina bateu, este domingo, Portugal por 6 - 5 e venceu a Taça das Nações, em Montreux.

O Salle Omnisports du Pierrier esteve repleto para receber a final da Taça das Nações. Portugal entrou na pista com o objetivo de revalidar o título conquistado nas últimas quatro edições, mas a Argentina também queria alcançar o terceiro título na competição.

A partida começou intensa e aos seis minutos de jogo, Matias Platero abriu o marcador a favor dos sul-americanos. A resposta portuguesa não tardou. No minuto seguinte, Gonçalo Alves restabeleceu a igualdade, com um remate de meia distância.

Passados sete minutos, a Argentina retomou a liderança no resultado, com um golo do recém-entrado Matias Pascual. A vantagem durou até aos 22 minutos, quando João Rodrigues marcou o e fez o 2 – 2. Até ao intervalo, a Argentina desperdiçou uma grande penalidade e um livre direto, a castigar um cartão azul mostrado a Gonçalo Alves.

A segunda parte iniciou com apenas quatro jogadores no ringue, graças ao cartão azul de Gonçalo Alves no final do primeiro tempo. Foi já depois de entrar o quinto jogador português que Carlos Nicolia marcou de livre direto, depois a décima falta de Portugal. Ainda no mesmo minuto, foi assinalado penalti para Portugal e João Rodrigues voltou a empatar a partida.

Aos 30 minutos, Matias Platero levou o cartão azul, mas Hélder Nunes falhou o livre direto.Gonçalo Alves também falhou a cobrança da décima falta argentina. Quem não ficou atrás foi Carlos Nicolia que desperdiçou mais um livre direto, a penalizar a 15.ª falta dos “ursos”.

Aos 40 minutos voltaram os golos. A Argentina retomou a dianteira do marcador com o bis de Matias Pascual. Aos 42 minutos, é assinalada nova grande penalidade para Portugal e João Rodrigues fez novamente o  4 – 4.

Henrique Magalhães foi admoestado com o cartão azul no minuto 46 e no livre direto, Lucas Ordoñez marcou. Portugal não tardou um minuto a restabelecer o empate, outra vez por João Rodrigues, na recarga de mais um penalti.

Com a ampulheta a chegar ao final e o prolongamento quase garantido, Reinaldo Garcia, a um minuto do fim, não – com um passe de Carlos Nicolia – atirou para o 6 – 5 final e impediu que a partida prosseguisse. A seleção sul-americana ainda desperdiçou a oportunidade de dilatar a vantagem num livre direto de Lucas Ordoñez.

Com este resultado, a Argentina alcançou o terceiro título neste torneio. O hóquei em patins de seleções volta em agosto com o Campeonato do Mundo de Nanjing, na China.