Desporto

BASQUETEBOL: FC PORTO DERROTA GALITOS E REFORÇA LIDERANÇA

Os azuis e brancos venceram este sábado o Galitos Barreiro por 82 - 58, em jogo a contar para a quinta jornada da segunda fase da Liga Placard.

O Futebol Clube do Porto (FCP) chegou ao Dragão Caixa à procura do caminho das vitórias, depois da derrota na última jornada em Guimarães, frente ao Vitória. Já o Galitos Barreiro procurava a segunda vitória consecutiva na segunda fase da Liga Placard, após o triunfo sobre o Illiabum, no Barreiro.

O Porto entrou com uma defesa que forçou o Galitos Barreiro a começar o jogo com duas violações de 24 segundos. No ataque, a equipa da casa conseguiu criar boas situações de lançamento sem oposição através de uma boa movimentação de bola. No entanto, o Galitos melhorou na parte final de um período em que converteu 71,4% dos lançamentos de três pontos (5/7) e levou o jogo empatado para o segundo tempo (23 – 23), depois de ter estado com a perder por oito pontos (22 – 14).

No segundo período, os “dragões” distanciaram-se no marcador com um parcial de 8 – 0 nos primeiros dois minutos. Liderados pelo base norte-americano Brad Tinsley (13 pontos no segundo período, 18 na primeira parte), o Porto alcançou uma vantagem de 13 pontos que geriu até ao intervalo, apoiada num bom desempenho ofensivo ao nível do tiro exterior (5/5 de três pontos no segundo período). O resultado ao intervalo era de 46 – 33.

No terceiro período, a equipa do Galitos não baixou os braços e aumentou a intensidade do jogo. O conjunto orientado por André Martins optou pela pressão a campo inteiro. A aposta defensiva deu resultado e a diferença caiu da casa dos dois dígitos. Ainda assim, o Porto foi para o último período a liderar por doze pontos (62 – 50), graças a duas jogadas de cesto com falta no último minuto do terceiro tempo.

O quarto período mostrou um FCP decidido a resolver o jogo o mais cedo possível. Impulsionados pelo acerto ofensivo do extremo José Silva e pela atitude defensiva do base André Bessa, a turma de Moncho López limitou uma equipa desgastada do Galitos a apenas dois pontos em sete minutos de jogo, num parcial de 15 – 2 que levou a vantagem para a casa dos 20 pontos. O resultado final ficou fixado em 82 – 58.

Em declarações ao JUP no final do encontro, André Martins, técnico do Galitos, realçou o aspeto mais positivo do jogo: “Mesmo com a ausência de jogadores importantes – Miguel Minhava, Jarred Jackson e Dominique Lee, de fora por lesão – , a equipa mostrou que consegue competir com as melhores equipas.”

O treinador salientou também que “apesar de [o FCP] ter sido um justo vencedor, a diferença não reflete o que se passou dentro do campo”.

Moncho López, treinador do FC Porto, mostrou-se satisfeito com a globalidade do jogo, apesar de alguns momentos menos bons: “No primeiro e terceiro períodos fomos algo confusos a atacar e nem sempre tivemos a intensidade defensiva adequada.”

O técnico dos “dragões” afirmou ainda que foi um jogo “difícil”, frente a uma equipa com “um bom plantel e bem trabalhada”.

Esta vitória permitiu ao Futebol Clube do Porto reforçar a liderança, graças à derrota do Sport Lisboa e Benfica (SLB) em Aveiro, frente ao Illiabum. Na próxima jornada, os azuis e brancos recebem a Oliveirense. Já o Galitos recebe o Benfica, no Barreiro.