Desporto

HÓQUEI: FC PORTO EMPATA NA LIGA EUROPEIA

O Futebol Clube do Porto empatou este sábado com o Reus Deportiu, no Dragão Caixa, a sete bolas, no jogo a contar para a primeira mão dos quartos de final da Liga Europeia de Clubes.

Aos dois minutos de jogo, o Futebol Clube do Porto (FCP) viu Rafa a desperdiçar a primeira oportunidade de golo ao enviar a bola ao ferro da baliza de Pedro Henriques. No minuto seguinte, o Reus Deportiu (RD) viu um golo anulado por a bola ter ultrapassado a altura máxima permitida.

Com dez minutos passados na partida, Raul Marín cometeu falta sobre Gonçalo Alves. O lance valeu cartolina azul ao número nove do Reus e uma grande penalidade favorável aos dragões que foi desperdiçada por Gonçalo Alves.

O primeiro golo da partida chegou passado um minuto pelo stick de Rafa. O dorsal nove dos azuis e brancos foi assistido por Gonçalo Alves e só teve de encostar ao segundo poste. Volvido mais um minuto, houve novo penalti favorável ao FC Porto. Gonçalo Alves converteu o castigo máximo em golo e deu vantagem de dois golos à equipa da casa. O minuto 13 ficou marcado pelo golo da equipa visitante, por intermédio de Albert Casanovas.

A menos de cinco minutos do final da partida, Ton Baliu fez o terceiro golo dos portistas, assistido por Telmo Pinto, num lance de contra-ataque.

No mesmo minuto, a equipa de arbitragem assinalou a décima falta do FC Porto. Raul Marín não aproveitou o livre direto e permitiu a defesa de Carles Grau. Defesa aplaudida pelo antigo guardião portista Edo Bosch, que assistiu ao encontro a partir da tribuna do Dragão Caixa.

O Reus chegou ao segundo golo, à passagem do minuto 23, através de Marín, com a equipa a jogar em power-play.

Houve ainda tempo para Gonçalo Alves restabelecer a diferença de dois golos no marcador, com uma assistência de costas por parte de Jorge Silva.

A etapa complementar começou com um cartão azul mostrado a Rafa. Na conversão do livre direto, Marc Torra permitiu a defesa do guardião azul e branco.

Em power-play, a equipa visitante conseguiu chegar ao golo através de Raul Marín que bisou na partida.

Aos nove minutos, Marc Torra viu azul. O livre direto cobrado pelo capitão Hélder Nunes foi anulado devido a uma violação da saída da área contrária por um jogador do FC Porto.

A equipa de arbitragem foi alvo de protestos por não mostrar a cartolina azul numa falta sobre Jorge Silva.

À passagem do minuto dez, Reinaldo García marcou o quinto golo da formação de Guillem Cabestany, num lance de insistência.

Dois minutos depois, Raul Marín assinava o hat-trick ao marcar o quarto golo da equipa espanhola.

Um penálti não assinalado à formação portista esteve na origem de mais protestos por parte da equipa e dos adeptos que se deslocaram ao Dragão Caixa.

No lance seguinte, os árbitros do encontro assinalaram uma grande penalidade favorável ao FC Porto devido a um corte da bola com o patim. Chamado a converter, Gonçalo Alves permitiu a defesa do ex-Benfica Pedro Henriques.

Outro corte ilegal da bola deu nova grande penalidade aos azuis e brancos. Hélder Nunes não foi capaz de bater o guarda-redes do Reus. Na recarga, Jorge Silva assinou o sexto golo da equipa da casa.

Um livre direto ao minuto 16 esteve na origem de novos protestos pela ausência do cartão azul. Hélder Nunes voltou a falhar na conversão do lance.

A cinco minutos do final do encontro, Marc Torra, também ex-Benfica, reduziu a desvantagem do Reus para 6 – 5. No livre direto que puniu a décima quinta falta dos dragões, Raul Marín bateu Carles Grau e empatou a partida a seis bolas. Num lance considerado confuso pelos comentadores do Porto Canal, a equipa espanhola chegou à vantagem no marcador através do golo de Alex Rodríguez.

A três minutos do fim, Rafa restabeleceu a igualdade a sete no marcador.

Com este empate, o FC Porto deixa a decisão da passagem à próxima fase da Liga Europeia de Clubes para o jogo da segunda mão dos quartos de final, marcado para o próximo dia 1 de abril, em Reus.

A equipa azul e branca vai começar a preparar o encontro com o Sporting Clube de Portugal (SCP) a contar para os 16 avos de final da Taça de Portugal. Este jogo tem lugar no Dragão Caixa, no próximo sábado 18 de março.