Desporto

FUTEBOL CLUBE DO PORTO GOLEIA HÓQUEI CLUBE DE TURQUEL

O Futebol Clube do Porto venceu este sábado o Hóquei Clube de Turquel por 2 - 7, na aldeia do hóquei em patins, e a contar para a 16.ª jornada do campeonato nacional.

O encontro entre o Futebol Clube do Porto (FCP) e o Hóquei Clube de Turquel (HCT) começou com intervenções dos guarda-redes de ambas as equipas a negarem mexidas no marcador. O primeiro golo da partida surgiu de um remate de meia distância de Hélder Nunes.

No mesmo minuto, os azuis e brancos aumentaram a vantagem para 0 – 2, num lance de insistência de Gonçalo Alves e Rafa, mas foi o primeiro que conseguiu bater Marco Barros, guardião do HCT. Volvido mais um minuto, Rafa marcou o terceiro dos portistas, ao desviar o passe de Gonçalo Alves.

Aos 13 minutos de jogo, surgiu a resposta da equipa da casa, através de um desvio ao segundo poste conseguido por Pedro Vaz. No minuto seguinte, o avançado azul e branco Vítor Hugo, repôs a diferença no marcador, ao rodar sobre si próprio e enganar o defesa e o guarda-redes do Turquel. A equipa da aldeia do hóquei voltou a marcar aos 19 minutos, desta vez, por intermédio de Daniel Matias.

No último minuto da primeira parte, uma defesa de Nélson Filipe permitiu o contra-ataque do FC Porto e o golo de meia distância do argentino Reinaldo García.

A equipa visitante queixou-se de um penálti por assinalar sobre Telmo Pinto e de uma falta sobre Gonçalo Alves, durante os primeiros 25 minutos de jogo.

Na etapa complementar, os dragões atingiram a décima falta. “Janeka” permitiu a defesa de Nélson Filipe, na concretização do livre direto. No mesmo minuto, Hélder Nunes falhou outro lance idêntico, na sequência da décima falta da equipa da casa. O 2 – 6 foi da autoria de Vítor Hugo, que bisou na partida.

Aos 19 minutos da segunda parte, Rafa foi castigado com a cartolina azul, depois de uma falta sobre Luís Silva. Chamado a bater o livre direto, Vasco Luís não conseguiu passar por Nélson Filipe, nas duas tentativas que teve. No mesmo minuto, Vasco Luís viu, também, a cartolina azul depois de uma falta sobre o capitão do FC Porto, Hélder Nunes.

Gonçalo Alves permitiu a defesa de Marco Barros, na conversão do castigo. O sétimo e último golo dos azuis e brancos surgiu por intermédio de Jorge Silva, a três minutos do final.

O FC Porto venceu, assim, o HC Turquel por 7 – 2 e permanece no terceiro posto da tabela classificativa atrás do Sport Lisboa e Benfica (SLB) e da União Desportiva Oliveirense (UDO), com menos três pontos do que o primeiro classificado.

No próximo domingo os dragões recebem o Sporting Clube de Tomar (SCT), no Dragão Caixa, pelas 15:00, para o encontro da 17.ª jornada do campeonato nacional.