Desporto

BASQUETEBOL: FUTEBOL CLUBE DO PORTO MANTÉM LIDERANÇA

O Futebol Clube do Porto venceu este domingo a Ovarense por 89 - 73 e assegurou a liderança da Liga Placard.

As duas equipas entraram em campo com um vitória na jornada anterior. O Futebol Clube do Porto (FCP) venceu o Vitória de Guimarães e a Ovarense (ADO) bateu o Galitos.

Antes do início do jogo, o técnico do FCP, Moncho Lopez, recebeu o prémio de treinador do mês da Associação Nacional de Treinadores de Basquetebol (ANTB).

Os dragões começaram o jogo a alimentar os postes e conseguiram um parcial de 11 – 6. Sasa Borovnjak levou o FCP à liderança da partida com oito pontos em 100% de eficácia de lançamento. O período terminou 18 – 14, com Kyle Anderson a fazer estragos na defesa portista (doze pontos).

No segundo período, Moncho Lopez iniciou a rotatividade da equipa e o banco contribuiu com 12 pontos no período. Os portistas imprimiram um ritmo mais elevado na partida, apertaram a defesa dos visitantes e conseguiram doze pontos em contra-ataque.

Os vareiros puderam contar com as contribuições de Bryce Douvier e João Fernandes, com doze e sete pontos respectivamente. A pressão a campo inteiro aplicada pela Ovarense permitiu reduzir a desvantagem, que chegou a ser de 15 pontos, para levar o jogo para os balneários a 45 – 35.

O descanso ao intervalo permitiu à equipa da Ovarense aumentar a intensidade e marcar dez pontos de turnovers da equipa adversária. O FCP continuou a confiar no banco para se manter em jogo (14 pontos), liderados pelos dez pontos de Nick Washburn.

No derradeiro período, a Ovarense – comandada pelos 13 pontos de Nick Novak na segunda parte e uma pressão a campo inteiro –  ainda tentou recuperar, mas o Porto não cedeu a vantagem que chegou aos 21 pontos.

Em termos individuais, destaque para o esforço equilibrado de Miguel Queiroz (dez pontos), José Silva (16 pontos), Nicholas Washburn (15 pontos), Thomas Bropleh (doze pontos) e Sasa Borovnjak (16 pontos em 100% de percentagem de lançamento), do lado portista.

Do lado do Ovarense, os 17 pontos de Nicholas Novak e Bryce Douvier e os 21 pontos de Kyle Anderson, foram os jogadores mais marcantes.

Em declarações ao JUP, o treinador da Ovarense, Nuno Manarte, considerou justa a vitória do Porto e destacou o contraste entre as duas partes: “Na primeira parte fomos muito impressionados pela agressividade do Porto”. O técnico considerou que a equipa melhorou na segunda parte, apesar dos lançamentos falhados (34% de acerto), e acrescentou que “ninguém consegue dar 20 minutos ao Porto e depois ir buscar o jogo”.

O técnico do Futebol Clube do Porto, Moncho López, destacou “a maneira como os jogadores partilham a bola” e que resultou em 25 assistências. “Por isso tanto jogadores puderam fazer pontos”, refere o treinador. López referiu ainda que Miguel Miranda, que se lesionou no jogo de sexta-feira com o Vitória, sofreu uma entorse no joelho, mas quevai ser melhor avaliado durante a semana.

Na próxima jornada, o Futebol Clube do Porto vai-se deslocar a Oliveira de Azeméis, enquanto a Ovarense recebe o Vitória de Guimarães.