Desporto

CLÁSSICO COM VITÓRIA ENCARNADA

O clássico do hóquei em patins entre o SL Benfica e FC Porto Fidelidade decorreu este sábado, no Pavilhão Nº 1 do Estádio da Luz, e ditou a vitória das águias por 8 – 4, na 11.ª jornada do Campeonato Nacional.

Com um pavilhão próximo da lotação esgotada, o SL Benfica impôs desde cedo 0 ritmo de jogo e aproveitou a superioridade numérica logo ao primeiro minuto,na sequência de um cartão azul mostrado a Hélder Nunes, depois de uma entrada sobre Carlos Nicolia, considerada perigosa pela equipa de arbitragem.

Os encarnados dispuseram de dois lances para abrir o marcador no princípio da partida, mas Nélson Filipe, guardião portista, negou o livre direto e a grande penalidade.

Aos quatro minutos, o guarda-redes dos dragões não conseguiu evitar o golo de João Rodrigues, que deu a vantagem aos benfiquistas. Mas no minuto seguinte, o FC Porto repôs a igualdade no marcador por intermédio de Jorge Silva.

Uma falta de Telmo Pinto, que gerou polémica no banco dos dragões, esteve na origem do segundo golo da equipa da casa, desta vez da autoria de Miguel Rocha, aos 20 minutos.

Na etapa complementar, o FC Porto dispôs de duas ocasiões para empatar a partida, mas Guillem Trabal negou ambas as investidas dos portistas e ainda um livre direto a Hélder Nunes, no seguimento da décima falta da equipa encarnada.

Em três minutos, o Benfica bateu por três vezes o guardião dos azuis e brancos. Um golo de Jordi Adroher e dois de João Rodrigues, numa altura em que a dupla de arbitragem sancionou com a cartolina azul Reinaldo García por protestos e Hélder Nunes por falta sobre Nicolia.

Nos últimos 15 minutos da partida, Vítor Hugo reduziu a desvantagem para 5 – 2, mas a diferença de três bolas no marcador não durou muito tempo. Jordi Adroher e Valter Neves voltaram a levar a melhor sobre Nélson Filipe.

Reinaldo García recebeu uma segunda sanção, João Rodrigues marcou o quarto golo aos 44 minutos e Rafa marcou no minuto seguinte, na sequência de uma grande penalidade. O bis de Vítor Hugo, aos 48 minutos, estabeleceu o resultado final de 8 – 4.

O FC Porto saiu do clássico com uma derrota e está a cinco pontos SL Benfica, agora líder isolado. A próxima partida vai ser contra o FC Barcelona no dia 14 de janeiro, para a fase de grupos da Liga Europeia de Clubes.