Cultura

ABBA: Here they go again

Primeiro, dois singles, segue-se um novo álbum e, por fim, uma digressão virtual. Os ABBA anunciaram, esta quinta-feira, o seu regresso com um álbum de originais e um espetáculo "revolucionário". A banda, que brilhou nos anos 70, volta aos discos e aos palcos e promete transfundir a sua música pelos quatro cantos do mundo, pondo várias gerações a cantar. As revelações fizeram-se através de um direto no YouTube.
Por: Sara Arnaud

Prometeram e cumpriram. Quarenta anos após o álbum “The Visitors”, Agnetha, Björn, Benny e Anni-Frid quebram o silêncio (musical) e embarcam numa nova aventura. O quarteto sueco edita “Voyage” – a 5 de novembro – um álbum de originais composto por dez novas canções. De momento, a banda avançou, nas plataformas digitais, dois temas do disco gravados em 2018.

“I Still Have Faith In You” é o primeiro single do novo álbum e conta com videoclip. Trata-se de uma balada épica e faustosa que molda uma comunhão entre a memória e nostalgia dos clássicos de uma outra época e a inevitável passagem e mudança dos tempos.

“Don’t Shut Me Down” é o nome do segundo tema que se mostra ser mais dançável e vibrante. Aqui refloresce a melodia do som pop que a banda cantava no início dos anos 80. De forma primorosa e instantânea, as duas músicas fazem renascer uma pitada de clássico dos ABBA, ao mesmo tempo que vincam e iluminam o entusiasmo do seu regresso.

“Voyage” também significa um regresso da banda ao mundo do espetáculo. Em parceria com a Industrial Light & Magic e recorrendo à tecnologia de motion capture, Agnetha, Björn, Benny e Anni-Frid “vão subir ao palco” em formato “abbatares”. O concerto tem como principal pilar o recurso a hologramas dos quatro membros semelhantes à aparência dos mesmos no auge da carreira. Esta transformação digital tem em vista solenizar uma forma diferente de reviver a música dos ABBA, onde a linha ténue entre o antigo e o atual desvanece-se. No site oficial, a banda faz um convite aos fãs:

“Junte-se a nós para um concerto que combina o velho e o novo, o jovem e o não tão jovem. Um concerto que nos juntou aos quatro outra vez”.

O evento “ABBA Voyage” tem estreia marcada para 27 de maio de 2022 na ABBA Arena, situada no Queen Elizabeth  Olympic Park, em Londres. Num espaço construído de raíz e capaz de  acolher 3 mil pessoas, os quatro artistas virtuais serão apoiados por uma banda ao vivo com dez músicos. Os bilhetes encontram-se à venda a partir das 10:00 do dia 7 de setembro. Ainda assim, é possível aceder antecipadamente à venda, – 10:00 do próximo domingo – através do registo no site oficial ou da pré-compra do álbum.

O legado musical através do tempo

Foi com o nome ABBA que conquistaram o mundo e se tornaram um dos grupos mais influentes da música pop das últimas décadas. A sua longa história polvilhada de sucesso começa em 1972 com a formação do grupo. Contudo, foi no ano de 1974 que ganharam reconhecimento internacional ao vencer o Festival da Eurovisão com o tema “Waterloo”.

“Mamma Mia”, “Money, Money, Money”, “Knowing Me, Knowing You” e “Dancing Queen” foram alguns dos grandes êxitos planetários que ajudaram a eternizar a banda sueca. Transformando-se num derradeiro manifesto musical, os ABBA conseguiram vender dezenas de milhões de discos por todo o mundo. Já no início da década de 80, o grupo pop sueco acabou por se separar. Em 2008, com a estreia do musical Mamma Mia – protagonizado por Meryl Streep e Amanda Seyfried – os ABBA atingiram maior visibilidade e juntaram ainda mais fãs.

“ABBA Voyage” é o há muito esperado regresso de uma das mais prestigiosas bandas de pop de todos os tempos. O quarteto sueco deixou um legado inatacável e agigantou a música pop. Para além das músicas icónicas para recordar, a banda continua a produzir arte, enriquecendo a sua herança musical e alcançando um patamar imponente que já roça a linha da eternidade.

 

Artigo por: Sara Arnaud