Cultura

Stand Up: tradição e o futuro dançam de mãos dadas em Viana

Perante as limitações impostas pela pandemia da Covid-19 e as condições atípicas em que se celebraram as romarias da Srª da Agonia surge “Stand Up” - um vídeo criado pela academia de dança vianense "Arte em Movimento" com intuito de transmitir uma mensagem de força e superação ao povo vianense.

Entre a modernidade e a tradição, com raízes bem presas às origens, mas sem limites para a inspiração. Foi assim que surgiu a Susana Domingues, diretora artística da academia de dança Arte em Movimento, a ideia de lançar o desafio à sua equipa  de transmitir a Viana uma mensagem de força e união numa altura que se costuma caracterizar pelo ambiente festivo das romarias d’Agonia.

“Este vídeo nasceu para passar uma mensagem ao povo vianense, por estarmos a viver aquela que é a maior de todas as romarias e não a conseguirmos viver em campo”

A diretora da academia afirma ainda que o objetivo do vídeo passou, não por publicitar tradição ou cultura, mas sim simplesmente transmitir um sentimento de união e de resiliência. O vídeo que já conta com mais de 14 mil visualizações na página de Youtube da academia foi coreografado por Cristiana Neto e realizado por André Cardoso.

Os bailarinos são integrantes da Arte em Movimento e, neste projeto, juntam-se ao Grupo Etnográfico de Castelo do Neiva e ao Rancho Folclórico das Lavradeiras de Vila Franca em coreografias que tomam lugar em cenários característicos do concelho de Viana do Castelo como o Santuário de Santa Luzia e a Ponte Eiffel.

A canção que inspirou a construção do vídeo e que acabou por lhe dar voz é “Stand Up“, tema cantado interpretado por Cynthia Erivo e integrante da banda-sonora do filme Harriet de 2019. No  entanto, apesar da letra focar a temática da escravatura durante o período da Guerra Civil nos Estados Unidos da América, Susana Domingues prontamente esclareceu num direto no Instagram da academia que o tema foi escolhido pela energia de força e garra que a música transmite e por ser esse sentimento que se pretendeu passar para os vianenses.

“Stand Up” foi ainda alvo de controvérsia ao ser removido do Instagram por alegadas denúncias de racismo e apropriação cultural. No entanto, prontamente o Instagram contactou a conta dos responsáveis pelo vídeo, afirmando que o vídeo havia sido removido por violar os direitos de autor da música utilizada.

Num ano em que as Romarias da Srª da Agonia sofreram uma reestruturação completa, depois de cerca de 250 edições, “Stand Up” contribuiu para que, de olhos no passado e com uma esperança invejável num futuro risonho, o “hoje” fosse mais feliz.