Cultura

FOTOGALERIA: RUI VELOSO, O REI DE RUBI

Após o concerto inaugural que foi incumbido aos muito adorados Ornatos Violeta, o recente Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota permaneceu na linhagem portuense e concedeu o espaço a Rui Veloso, um cantor cujas canções vão perdurar mesmo até depois de já cá ninguém estar. Claro, porque as climate changes vão eliminar todos os “pessegueiros na ilha”.

“Boa noite Porto, como é que é?” Assim abriu Rui Veloso o seu “concerto de Natal”, que iniciou com um atraso propositado devido “à chuva e ao trânsito”. Mas, provavelmente, também pelas voltas inevitáveis que tiveram de ser dadas no pavilhão à procura da entrada correta. Havia secções a direcionar para ali, números de balcões a direcionar para acolá, e incompatibilidades que resultaram num passeio de descontração inicial em redor da arena. – Nina do Carmo Muschketat

Fotogaleria de Catarina Moscoso.