Cultura

ONDE VAMOS NA PASSAGEM DE ANO? O JUP AJUDA

O JUP apresenta uma lista repleta de concertos e outros eventos culturais que marcarão esta próxima passagem de ano. Por Rui Miguel.

O tempo que leva a pestanejar, a dar um passo, a volver a página de um livro – não demora mais do que isso. Um segundo é o quanto basta para virar as últimas folhas do calendário.

A passagem de ano é curta, mas a festa não precisa de o ser. Desde concertos na baixa até à possibilidade de começar 2019 numa fábrica de cerveja, o Porto oferece várias alternativas para dar as boas-vindas ao novo ano.

A Câmara Municipal do Porto alargou os habituais dez segundos e a contagem decrescente começa três dias antes no Coreto do Jardim da Cordoaria. Por volta das 17h00 do dia 29, o DJ Tiago Sousa inaugura as cerimónias. Mais tarde (21h00), a celebração estende-se à praça Gomes Teixeira, com DJ Mero, DJ Vítor Oliveira e DJ Pedrinho K. Para encerrar o primeiro dia de festa, Diogo Piçarra atua na Avenida dos Aliados (22h30). No dia seguinte, 30 de dezembro, às 21h00, a praça dos Leões volta a receber o mesmo trio de DJs.

Como seria de esperar, o dia 31 é o ponto alto da passagem de ano. A autarquia oferece vários concertos espalhados pelos locais mais emblemáticos da cidade. No largo da Cordoaria, o DJ set de Rui Pimenta e Xico Ferrão começa às 22h00. À mesma hora, na Praça Gomes Teixeira e na Praça dos Poveiros, o trio formado por DJ Mero, DJ Pedrinho K e DJ Vítor Oliveira começa a passar música.

Na Avenida dos Aliados a animação principia com o DJ set de Alberto Rocha & Francisco Moreira (22h00). Quando os ponteiros marcarem as onze, Pedro Abrunhosa & Comité Caviar sobem ao palco. A meia-noite de passagem de ano é marcada pelo já habitual espetáculo de fogo-de-artificio.

O Hard Club dá as boas-vindas a 2019 com uma série de concertos. O Happy Neo Year divide-se pelos dois espaços de espetáculo do mercado Ferreira Borges e apresenta um cartaz com treze nomes. Na sala 1 atuarão Lewis Fautzi, Frank Maurel, Gusta-vo, Tiago Fragateiro e Ruuar; a sala 2 fica a cargo de Bikas, Dani&wailers, Engineer&bebop, Ethan Koop b2b Peix, Re:beat, Sepypes, Sum e 19!.

A Casa da Música festeja 2019 a dois tempos. Na noite de passagem de ano, o restaurante e o café servem refeições acompanhadas pela música de Cristiana Santos Quarteto e DJs Kombikats. Dia 4 de janeiro, as portas voltam-se a abrir para um concerto da Orquestra Sinfónica do Porto (Sala Suggia, 21h00).

Na véspera do Dia de Reis, o Coliseu recebe a Orquestra Metropolitana de Lisboa. Com a dicção de Evgeny Bushkov, o espetáculo pretende trazer ao Porto as polkas, valsas e galopes da família Strauss, Nicolai e Schostakovich.

Alguns dos cafés-concerto mais emblemáticos da cidade também apresentam alternativas para passar a viragem de ano. No Hard Rock Café, a música começa em 2018 com Dixie Boys (23h00) e continua em 2019 com o DJ Mantis Bones (1h00). No Maus Hábitos, a Virada no Maus principia à meia-noite e propõe-se a levar o público numa viagem pela América do Sul. O salão nobre fica por conta de DJ Quesadilla + Xico da Ladra e na sala de espetáculos poder-se-ão ouvir Cumbadélica e Ohxalá. O clube noturno Barracuda começa o ano com um concerto dos The Dirty Coal Train, e a festa prolonga-se pela noite fora com Swamp Bones e o DJ set de Carlos Moura, Martelo, Redshoes, Ruidoom e Rodas. No Plano B, Nuno Lopes volta a trocar o grande ecrã pelos pratos de DJ – será acompanhado por João Semedo, Kazoo Collective, DJ Division e Céline.

Aos entusiastas da cultura cervejeira, pode ainda interessar saber que a fábrica da Nortada estará de portas abertas para celebrar a passagem de ano. As festividades começam por volta das 19h00 com uma refeição (sujeita a marcação) e continuam noite dentro. Às 23h00, DJ Bart sobe ao palco. Por volta das duas da manhã começará um concerto de Samba Rock Clube. A festa continua e às 4 da manhã Bart volta para mais um DJ set.