Cultura

O GUIA JUP PARA O FÓRUM DO FUTURO

A antiguidade na cultura contemporânea vai ser discutida no Fórum do Futuro, entre os dias 4 e 10 de novembro, em vários espaços da cidade do Porto. O evento conta com personalidades com Margaret Atwood e Toyo Ito. Por Carolina Lisboa e Cristiana Rodrigues.

O Ágora Club, como foi batizado o Fórum este ano, vai trazer ao Porto um conjunto de palestras e performances que pretendem desafiar pensadores de diferentes disciplinas e origens a refletir sobre como a antiguidade se manifesta na sociedade atual, e a procurar “o sentido e a forma das ágoras de hoje”. Conta com inúmeras personalidades de diversas áreas, tais como literatura, política, arquitetura, filosofia, astronomia e artes visuais.

Com tanto a acontecer numa só semana, o JUP elaborou um guia das sessões que não vais querer perder, uma por cada dia.

Domingo, 04/11

Nadya Tolokonnikova fonte: Fórum do futuro

16h00 / Rivoli / “ATIVISMO ARTÍSTICO NA GRÉCIA ANTIGA”.

 

A sessão de abertura será feita em três atos, e um deles conta com Nadya Tolokonnikova, ativista e cofundadora da banda punk feminista russa Pussy Riot. Nadya, licenciada em Filosofia Clássica, vai falar sobre o ativismo artístico na Grécia antiga e o conceito da filosofia prática, ou seja, a ideia de que “a essência da sabedoria reside na ação”.

 

Segunda–feira, 05/11

Michael Mayor Fonte: Fórum do futuro

21h30 / Rivoli / “A PLURALIDADE DE MUNDOS NO COSMOS: UM SONHO CLÁSSICO, UMA REALIDADE MODERNA”.

O festival segue com a presença de Michel Mayor, Professor de Astrofísica na Universidade de Geneva (Suíça) e o investigador principal do aclamado projeto HARPS (High Accuracy Radial Velocity Planet Searcher). O astrónomo é também co-autor da descoberta do primeiro exoplaneta a orbitar uma estrela semelhante ao Sol – o planeta extrassolar 51 Pegasi b. Mayor vai juntar-se a Orfeu Bertolami – catedrático do Departamento de Física e Astronomia da Universidade do Porto – para debater a viabilidade da tecnologia de hoje na procura de sinais de vida em planetas fora do sistema solar.

Terça–feira, 06/11

Vinzenz Brinkmann fonte: Fórum do Futuro

13h00 / Mala Voadora / “DEUSES A CORES”.

No terceiro dia destaca-se a palestra liderada por Vinzene Brinkmann – historiador, professor, arqueólogo e diretor do Departamento de Antiguidade e Ásia da Liebieghaus Skulpturensammlung. Esta sessão pondera sobre o quão apropriado será associar o branco da estatuária remetente ao período Greco-Romano à estética clássica.

Quarta–feira, 07/11

Toyo It Fonte: Fórum do Futuro

19h00 // Rivoli // ” NOVA ARENA PÚBLICA”.

Toyoto Ito, vencedor do Pritzker de 2013, vem pela primeira vez a Portugal. O arquiteto vai refletir sobre a importância das ruínas contemporâneas e dos projetos de reconstrução (tais como quebra-mares ou alojamentos temporários). Ito propõe-se a explicar de que forma a arena pública de hoje precisa de encontrar uma nova filosofia que, utilizando tecnologias avançadas, substitua a “segregação” pela “ligação”.

Quinta–feira, 08/11

Margaret Atwood Fonte: Fórum do futuro

21h30 // Rivoli // “MITOS NA MINHA OBRA”.

Margaret Atwood é uma escritora reconhecida mundialmente pelo seu romance distópico The Handmaid’s Tale. Mais de 30 anos depois, a obra teve direito a uma adaptação a televisão, que, em 2017, conquistou o mundo. Agora, Margaret está no Fórum do Futuro para discutir a importância da mitologia na sua obra e como, através desta, trabalha temas como o género, a ordem social, a identidade e a linguagem.

Sexta–feira, 09/11

Imagem do documentário Fonte: Fórum do futuro

19h00 // Cinema Trindade // “WHAT IS DEMOCRACY?”.

No penúltimo dia do festival, destaca-se a apresentação (à qual se segue uma sessão de perguntas e respostas) do documentário da ativista, escritora e realizadora Astra Taylor, intitulado What is Democracy?. Explorando o conceito grego de democracia, a artista norte-americana pretende dar resposta a uma grande questão: como se pode definir democracia perante as inúmeras teorias e pontos de vista existentes?

Sábado, 10/11

Harrison Birtwistle

16h00 // Casa da Música // ” MITO E MÚSICA”.

Para encerrar o festival, são recebidos na Casa da Música o compositor Harrison BirtwistleCharlotte Higgins, escritora e editora-chefe do jornal britânico The Guardian. Os dois participarão num debate (moderado por Gillian Moore, diretora de Música no Southbank Centre), sobre a influência do teatro e dos mitos da Antiguidade Clássica na música contemporânea.

Este ano, o Fórum do Futuro recebe 52 personalidades de 17 nacionalidades diferentes. O evento é de entrada gratuita, mediante o levantamento do bilhete no dia e local da sessão. A programação completa pode ser consultada aqui.