Cultura

A FEBRE DAS CURTAS REGRESSA A VILA DO CONDE

A 22.ª edição do Festival de Curtas de Vila do Conde arranca no dia 5 de julho com particular destaque para a relação entre o desporto-rei e a 7ª arte.

22_curtas_vila_do_conde_O futebol e a sua celebração artística e cinematográfica são mote do programa especial Fora de Jogo da edição de 2014 do Curtas de Vila do Conde, que inclui sessões de cinema em que a modalidade é tema central.

O cinema contemporâneo continua a ser um dos focos do evento. A exposição dedicada ao legado do cinema moderno do italiano Michelangelo Antonioni é um dos pontos centrais do festival e acompanha a exposição da Solar – Galeria de Arte Cinemática.

As competições continuam a proporcionar àqueles que visitam o festival uma grande variedade de sessões de diversos autores. A competição internacional exibirá cerca de 40 filmes de diferentes países, enquanto a competição nacional continuará a ser o radar da mais recente produção portuguesa de curtas-metragens. A este programa juntam-se as competições Experimental e Vídeos Musicais. Take One! e Curtinhas servem o propósito de formação de audiências com uma série de filmes dedicados aos mais novos, que incluem películas realizadas nas escolas.

As secções paralelas estendem a oferta temática do festival. No Da Curta à Longa, serão exibidas várias longas-metragens de autores que já passaram pelo festival. O In Focus destaca autores emergentes do panorama do cinema contemporâneo. Stereo traz sessões que relacionam o cinema e a música.

As exibições de obras europeias e portuguesas continuam a animar o Panorama VideoRun continua a fazer parte do programa, que inclui masterclasses, inseridas no princípio de aprendizagem lúdica do festival.

O Curtas Vila do Conde decorre de 5 a 13 de julho, tendo por espaço central o Teatro Municipal de Vila do Conde.

 

Save